Padronização de uma solução de KMnO4
 
 
    A padronização de qualquer solução deverá ser feita com substâncias padrões primários 
 
 
PADRONIZAÇÃO DA SOLUÇÃO DE PERMANGANATO DE POTÁSSIO. 
 
 
 
 Notas processo com óxido de arsênio(III)
l. Para estudantes iniciantes, será suficiente pesar com exatidão cerca de 1,25 g de óxido de arsênio(III), dissolvê-lo em 50 mL de uma solução fria de hidróxido de sódio a 20 por cento, e completar o volume de 250 mL num balão volumétrico. Agite bem. Meça 25,0 mL desta solução, usando bureta e não uma pipeta (cuidado - a solução é muito venenosa) e transfira para um erlenmeyer de 250 ou 350 mL: adicione 100 mL d'água, 10 mL de ácido clorídrico concentrado, uma gota de solução de iodeto de potássio e titule com a solução de permanganato 
de potássio até a primeira cor de rosa permanente, conforme já foi descrito. Repita com duas outras alíquotas de 25 mL da solução. As titulações sucessivas deverão concordar dentro de 0,1 mL. 
2. Iodeto de potássio 0,0025 M = 0,41 g/L.  de KI ; iodato de potássio 0,0025 M = 0,54 g/L de KIO3
Cálculo. 
equação 

As2O3 + 2O = As2O5 

que o equivalente do óxido de arsênio(III) é um quarto do mol, 197,84/4, ou seja, 49,460 g. Um mL da sua solução normal contém o miliequivalente, ou seja, 0,04946 g. Se o peso de óxido de arsênio(IIIl) for dividido pelo número de mL da solução de permanganato de potássio a que ele é equivalente, conforme se encontra pela titulação, teremos o peso do padrão primário equivalente a 1 mL da solução de permanganato. Dividindo este último valor pelo miliequivalente do 
óxido de arsênio(III), obtém-se a normalidade da solução de permanganato. 
 

Notas do processo com oxalato de sódio
l. Para estudantes elementares, é suficiente pesar com exatidão 1,7 g de oxalato de sódio A.R., transferi-lo para um balão volumétrico e completar até a marca. Agite bem. Use alíquotas de 25 mL desta solução para a titulação e adicione 150 mL de ácido sulfúrico  lM. 
Faça a titulação rapidamente, à temperatura ordinária, até a primeira cor de rosa que apareça na solução; deixe em repouso até que a solução fique incolor. Aqueça a solução a 50-60°C e continue a titulação até que a cor de rosa permaneça. Deve-se ter em mente que as soluções de 
oxalato atacam o vidro, de modo que a solução só deverá ser armazenada durante poucos dias. 
2. Um valor aproximado do volume da solução de permanganato requerido pode ser previamente estimado do peso de oxalato de sódio empregado. Na primeira titulação, adicionam-se, então, 75 por cento deste volume, para completá-la a 55-60°C. Portanto, 90-95 
por cento do volume de permanganato são adicionados à temperatura ambiente. 
Cálculo. 
Este é similar ao já descrito no processo 1. O equivalente de oxalato de sódio é 1/2 mol, ou seja 67,00 g. 

O permanganato de potássio também pode ser padronizado usando-se ferro metálico, o processo está descrito nas notas  da determinação do ferro por permanganimetria e também com ácido oxálico.