Faculdade de Filosofia

O Curso de Filosofia foi criado através da Resolução Nº 169 de 22/06/1973 (CONSEP/UFPA.) e reconhecido pelo Decreto Nº 82.165/78 de 24/08/1978 da Presidência da República. Em funcionamento desde 1974 e oferecido inicialmente sob a modalidade de Licenciatura, o curso de Filosofia teve seu currículo modificado até a criação da modalidade de Bacharelado, em 1982. Ambas as habilitações oferecem a mesma formação filosófica, em termos de conteúdo e de qualidade.

Desde 1993 o curso de filosofia funciona em um regime didático semestral. Os blocos da Licenciatura e Bacharelado estão articulados de possibilitando aos alunos a cursarem ambas as habilitações ao mesmo tempo. O acadêmico poderá ainda, concluir uma das habilitações escolhida e depois cursar as atividades que faltam para integralizar à outra.

A Faculdade de Filosofia foi criada no dia 27 de maio de 2007, com a aprovação do novo regimento do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. No início, a faculdade era chamada de Departamento de Filosofia, que foi criado em 12 de agosto de 1988, pela Resolução Nº 1.661-CONSEP.

Para as aulas de Filosofia, a Faculdade de Filosofia dispõe de um Laboratório de ensino equipado com um retroprojetor, um televisor com DVD, um videocassete, dois gravadores e uma câmera de filmagem. Esses equipamentos além de possibilitarem a articulação entre teoria e prática nas atividades de ensino, são também utilizados nas atividades de extensão realizadas pela faculdade, durante o ano letivo, como: colóquios temáticos, semanas de filosofia, encontros mensais, seminários temáticos e da graduação, cursos de extensão, formação de grupos de estudo, ciclos de palestras, mostra de vídeos, etc. No piso superior do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, a faculdade possui um Laboratório onde os docentes realizam palestras, ministram aulas e orientam TCC de alunos.


Diretor: Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.


Contatos:

Fone: (091) 3201-7444

Email: Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.


Competências e Habilidades:

Relembrando a idéia de Kant de que o importante é aprender a filosofar, pode-se esperar de um egresso do curso de Bacharelado em Filosofia, as seguintes habilidades e competências:

  • Capacitação para um modo especificamente filosófico de formular e propor soluções a problemas, nos diversos campos do conhecimento;
  • Capacidade de desenvolver uma consciência crítica sobre conhecimento, razão e realidade sócio-histórico-política;
  • Capacidade para análise, interpretação e comentário de textos teóricos, segundo os mais rigorosos procedimentos de técnica hermenêutica;
  • Compreensão da importância das questões acerca do sentido e da significação da própria existência e das produções culturais;
  • Percepção da integração necessária entre a filosofia e a produção científica, artística, bem como o agir pessoal e político;
  • Capacidade de relacionar o exercício da crítica filosófica com a promoção integral da cidadania e com o respeito à pessoa, dentro da tradição de defesa dos direitos humanos.
  • Dialogar e descobrir interfaces com outras áreas de conhecimento que tratem de questões relativas ao sentido e fundamento da linguagem, dos valores, da dimensão cultural e sócio-economico-política da existência humana, da própria relação homem-natureza, como a Lingüística e Literatura, Antropologia, Sociologia, História e Psicanálise, a Ciência Política, bem como as disciplinas de áreas das chamadas “ciências naturais”.
  • Capacidade de articular os conteúdos filosóficos aprendidos e as habilidades de pesquisador;
  • Capacidade de dominar conceitos e procedimentos para trabalhar como pesquisador na análise e na investigação criteriosa dos textos e fontes filosóficas.
  • Capacidade de desenvolver a investigação e produção teórica de caráter filosófico, não somente na esfera de produção acadêmica stricto sensu, como junto a instituição de pesquisa, de planejamento governamental e de fomento cultural.

Estrutura da matriz curricular

A estrutura da matriz curricular do Curso de Filosofia deverá contemplar na sua execução os núcleos de conteúdos sintetizados a seguir:

1. Núcleo de formação Básica

2. Núcleo de formação Especifica

3. Núcleo de formação do pesquisador

4. Núcleo de formação complementar

5. Núcleo de formação Livre


Grade curricular

1º PERÍODO

CÓDIGO DISCIPLINA
FH-01084 Teoria do Conhecimento I
FH-01080 Filosofia Geral I

2º PERÍODO

FH-01076 História da filosofia II
FH-01081 Lógica II
FH-01085 Teoria do conhecimento II
FH-01089 Filosofia Geral II
ED-01089 Introdução a Educação

3º PERÍODO

FH-01077 História da Filosofia III
FH-01090 Filosofia Geral III
FH-01086 Ética I
FH-01027 Seminário de Teoria do Conhecimento
Ed-01029 Psicologia da Educação

4º PERÍODO

FH-01078 História da Filosofia IV
FH-01091 Filosofia Geral IV
FH-01087 Ética II
FH-01031 Seminário de Lógica
ED-02026 Estr. Func. Ens. 1º e 2º Graus

5º PERÍODO

FH-01029 Seminário de Filosofia Geral
FH-01028 Seminário de Ética
FH-01033 Filosofia Contemporânea
FH-09007 Antropologia Cultural
ED-03081 Didática

6º PERÍODO

FH-01026 Seminário de História da Filosofia
FH-01082 Filosofia da Ciência I
FH-01079 Filosofia da Linguagem
FH-01036 Antropologia Filosófica
ED-03098 Metodologia Esp. De Ens. De Filosofia

7º PERÍODO

FH-01083 Filosofia da Ciência II
FH-01017 Filosofia da Arte
FH-01102 Problemas Filosóficos I
FH-03051 Teoria da História I
ED-03115 Prática de Ensino de Filosofia I

8º PERÍODO

FH-01037 Filosofia da Cultura
FH-01098 Filosofia Política
FH-01039 Problemas Filosóficos II
FH-01106 Prática de Ensino de Filosofia II

9º PERÍODO

FH-01107 Prática de Ensino de Filosofia III
FH-01075 TCC I Filosofia (projeto)

10º PERÍODO

FH-01108 Pratica de Ensino de Filosofia IV
FH-01075 TCC

 


Demonstrativo das atividades por habilidades e competências

COM COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

ATIVIDADES CURRICULARES

1. Capacitação para um modo especificamente filosófico de formular e propor soluções a problemas, nos diversos campos de conhecimento.

Núcleo de formação básica

Núcleo de formação específica

 

2. Capacidade de desenvolver uma consciência crítica sobre conhecimento, razão e realidade sócio-histórico-política;

Núcleo de formação especifica Núcleo de formação livre

3. Capacidade para análise, interpretação e comentário de textos teóricos, segundo os mais rigorosos procedimentos de técnica hermenêutica;

Núcleo de formação básica

Núcleo de formação especifica

4. Compreensão da importância das questões acerca do sentido e da significação da própria existência e das produções culturais;

 

Núcleo de formação especifica

Núcleo de formação livre

5. Percepção da integração necessária entre a filosofia e a produção científica, artística, bem como o agir pessoal e político;

 

 

Núcleo de formação especifica

 

 

6. Capacidade de relacionar o exercício da crítica filosófica com a promoção integral da cidadania e com o respeito à pessoa, dentro da tradição de defesa dos direitos humanos

 

Núcleo de formação especifica

 

Núcleo de formação especifica

7. Dialogar e descobrir  interfaces com outras áreas de conhecimento que tratem de questões relativas  ao sentido e fundamento da linguagem, dos valores, da dimensão cultural e sócio-economico-política da existência humana, da própria relação homem-natureza, como a Lingüística e Literatura, Antropologia, Sociologia, História e Psicanálise, a Ciência Política, bem como as disciplinas de áreas das chamadas “ciências naturais”.

 

Núcleo de formação básica

Núcleo de formação especifica

Núcleo de formação livre

Núcleo de formação do professor

 

8. Capacidade de articular os conteúdos filosóficos aprendidos e as habilidades de docência.

Núcleo de formação básica

Núcleo de formação especifica

Núcleo de formação do professor

 

 

9. Capacidade de dominar métodos e procedimentos para trabalhar com os alunos na educação básica.

Núcleo de formação básica

Núcleo de formação especifica

Núcleo de formação do professor

 

 

10. Capacidade para criar soluções apropriadas a cada uma das diferentes situações complexas e singulares que venha a enfrentar na sala de aula

Núcleo de formação básica

Núcleo de formação especifica

Núcleo de formação do professor

 

 

11.Capacidade para ensinar o aluno a exercitar a reflexão filosófica e a problematização

Núcleo de formação básica

Núcleo de formação especifica

Núcleo de formação do professor