Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > PET-FEPESCA
Início do conteúdo da página

PET-FEPESCA

Publicado: Sexta, 24 de Março de 2017, 19h18 | Última atualização em Quinta, 04 de Maio de 2017, 19h07 | Acessos: 272

A criação do grupo do Programa de Educação Tutorial (PET) da FEPESCA foi aprovada e registrada no diário oficial da união no dia 12 de junho de 2007, sendo assim efetivada a criação oficial do grupo PET-PESCA. 

Em 01 de Setembro de 2007 o PET/PESCA-UFPA iniciou suas atividades. O grupo iniciou-se sobre a tutoria do Prof. Dr. Rodrigo Yudi Fujimoto e quatro petianos bolsistas. Um marco importante dentre as atividades iniciais do grupo foi a palestra intitulada “Saio como engenheiro e agora o que faço?”, idéia sugerida pelos próprios integrantes para mostrar as áreas de atuação do engenheiro de pesca para toda comunidade acadêmica do curso e também pessoas da comunidade. Isso promoveu uma integração positiva do grupo com a comunidade acadêmica e também um estímulo para o trabalho árduo que é se formar como engenheiro de pesca. Para o grupo houve estimulo para continuar a desenvolver as atividades programadas e já se observou a integração dos membros do grupo, fato muito importante para o desenvolvimento, profissional e pessoal dos petianos.

Desde então, o PET-PESCA vem desenvolvendo atividades de ensino, pesquisa e extensão ao longo dos anos e é um grande colaborador do curso de Engenharia de Pesca em Bragança na formação de profissionais com ampla formação em diversas áreas de atuação do curso. Atualmente o grupo é liderado pela tutora Profa. Dra. Marileide Moraes Alves e conta com um corpo estudantil de 12 bolsistas e 2 não-bolsistas, alunos de diversos períodos do curso de Engenharia de Pesca.

ATIVIDADES PERMANENTES DO PETPESCA

1- VISITAS TÉCNICAS: As visitas buscam estabelecer um canal de comunicação entre a faculdade de engenharia de pesca e a sociedade (empresas e outras instituições) que possa ser instrumento de socialização de informações e possíveis convênios, viabilizando a possibilidade de estágios e outras visitas para alunos da graduação.

2- PALESTRAS TÉCNICAS: São proferidas por profissionais com relevante atuação no contexto da Engenharia de Pesca. São eventos abertos à comunidade acadêmica da UFPA. O objetivo é promover apresentações visam trazer à comunidade experiências de profissionais que atuam na engenharia de pesca e áreas afins, como estímulo e perspectivas para o futuro egresso.

3- JORNAL “O Âncora” cominformações adaptadas pelos petianos a partir de entrevistas com profissionais ligados a atividade pesqueira, dos canais de comunicação da internet,televisão, rádio, dentre outros, sobre temas e curiosidades relacionadas às áreas da graduação do PETpesca. Este informativo já apresenta edições publicadas no site do PET-PESCA e em circulação na forma impressa, para que um maior número de pessoas possa ter acesso, sendo realizadas edições a cada dois meses. O informativo tem como objetivo destacar as principais notícias vinculadas a prática pesqueira da região e do mundo.

4- FEIRA DO VESTIBULAR Os petianos participam da feira do vestibular como representantes do curso de Engenharia de Pesca, onde apresentam informações sobre o referido curso, como por exemplo, histórico do curso, grade curricular, corpo docente, além de mostrar alguns equipamentos utilizados em aulas. O objetivo é divulgar o curso de Engenharia de pesca aos alunos da rede pública e privada que estão pretendendo ingressar em uma faculdade. Os petianos levam para os quiosques de exposição: banners, apetrechos de pesca, peixes ornamentais para demonstrar algumas das atividades desenvolvidas pelo profissional engenheiro de pesca, além de responder perguntas pertinentes ao tema.

5- O Blog: No Blog do PET-PESCA podem ser visualizados: agenda com datas importantes; acontecimentos marcantes; curiosidades; informações de cunho técnico; entrevistas com profissionais da área; novidades; concursos para a área, entre outras notícias.  O blog pode ser acessado peloendereço :http://petpesca-ufpa.blogspot.com.br/

ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS

1 - O PET-PESCA já foi organizador do FORPET (Fórum Paraense dos Grupos PET) que tem objetivo de unir todos os grupos que estão localizados no estado do Pará para fortalecimento dos mesmos, com atividades e discussões de temas que possam aumentar o conhecimento de cada aluno. O grupo organizou o XX FORPET com o tema: “Desenvolvendo acidadaniaem prol da Inclusão e Sociabilidade”. Este evento ocorreu em Bragança em fevereiro de 2013.

2 - O Simpósio “As Relações Humanas com os Recursos Pesqueiros no Cenário Amazônico” foi organizado pelo do grupo Pet-Pesca em parceria com os discentes do Centro Acadêmico deEngenharia de Pesca-CAEP, foi proposto para que de maneira integrada ao curso de Engenharia de Pesca, discentes de outros cursos além da participação de professores e outros profissionais possam discutir assuntos relacionados a temática principal “As Relações Humanas com os Recursos Pesqueiros no Cenário Amazônico”. Este evento teve em sua programação palestras, mesas redondas e minicursos. O objetivo do evento foi conhecer melhor as relações antrópicas com os recursos pesqueiros tendo como foco a região Amazônica.

PROJETOS DE PESQUISA

O PET-Pesca participa de projetos de pesquisa, dentre eles, destacam-se:

1 - Elaboração de alimentos: Na proposta de aproveitamento de resíduo de pescadopara produção de concentrado protéico, foi desenvolvido um biscoito enriquecido com proteína de pescado,buscando com isso agregar valor nutricional ao biscoito tipo sequilho, um tradicional doce da culináriacaseira que é muito apreciado por crianças, mas possui baixos níveis protéicos. Foram feitos testes de análisesensorial com os biscoitos elaborados e os mesmos apresentaram altos níveis de aceitação. Esta pesquisa terácontinuidade com a elaboração de outros alimentos enriquecidos com concentrado protéico de peixe comvistas à merenda escolar.

2 - Elaboração de ração para pescado: Para elaboração de ração para peixes a partir de resíduos de caranguejo,foi obtida e caracterizada, em termos fisico-químicos, uma farinha de vísceras de caranguejo, a qual está emteste como componente de rações para tamaqui na fase juvenil e no período de engorda. O valor nutricionalda farinha se assemelhou aos da farinha de peixe que são tradicionalmente empregadas na produção de ração.A próxima etapa da pesquisa consiste em avaliar à aceitabilidade da ração, bem como a conversão alimentarque os animais submetidos à dieta com a ração desenvolvida apresentarão nas variadas fases dedesenvolvimento.

PROJETOS DE EXTENSÃO

O PET-Pesca participa de projetos de extensão, dentre eles, destaca-se:

1 - O Projeto Educação ambiental de crianças e adolescentes foi levado para crianças e adolescenteno centrocomunitário da praia de Quatipuru-Mirim, pelo grupo PET-Pesca, através da exposição depalestras, vídeos e jogos educativos, relacionados a temas como: Impactos ambientais causadospelo homem, importância da preservação do meio ambiente, dentre outros.

ESTÁGIOS

O grupo realizou Estágios na Indústria de Processamento Gomes da Costa em Santa Catarina no período de 25/07/2014 à 25/08/2014. Esta atividade trouxe maior conhecimento aos petianos sobre o ramo da Tecnologia doPescado, através da vivência em uma empresa que possui reconhecimento nacional einternacional.  Foi possível visualizar o funcionamento de uma indústria de processamento de pescado,observando todas asetapas de processamento. Sendo essa visita importante para vivenciar na pratica o que foiaprendido na teoria em sala de aula, fomentando os conhecimentos adquiridos através doesclarecimento de dúvidas.

Fim do conteúdo da página