Laboratórios

Confira os laborátorios que compõem a estrutura do ICB clicando nos ítens abaixo:

Descrição:

O laboratório foi criado em 2016 para o desenvolvimento de Abordagens Agrigenômicas voltadas à plantas de interesse na Amazônia. O laboratório é estruturado em dois eixos de pesquisa, a Genômica e biologia molecular vegetal e a cultura in vitro. Atualmente desenvolve atividades de: Ensino, Pesquisa.



Pesquisadores : Profa. Dra. Emmanuelle Lautié e Prof. Dr. Sylvain Darnet


Responsável: Prof. Dr. Sylvain Darnet
E-mail: sylvain@ufpa.br
Telefone: Sem ramal
Local: ICB - 3andar

Descrição:

O Laboratório de Neurodegeneração e Infecção é coordenado pelo Prof. Dr. Cristovam Wanderley Picanço Diniz e possui as seguintes linhas de pesquisa: 



1.    Estudos Experimentais das Alterações do Sistema Nervoso induzidas pela Dengue: aspectos comportamentais e neuropatológicos.

2.    Infecções por vírus Oropouche: influências do ambiente e do envelhecimento no progresso da doença.

3.    Envelhecimento, ambiente, declínio cognitivo e plasticidade astroglial no giro denteado.



Pesquisadores: Prof. Dr. Cristovam Wanderley Picanço Diniz e Prof. Dr. Daniel Guerreiro Diniz




Responsável: Cristovam Wanderley Picanço Diniz
E-mail: cwpdiniz@gmail.com
Telefone:
Local: Rua dos Mundurucus, nº4487, Guamá, Hospital Universitário João de Barros Barreto

Descrição:

Promover o desenvolvimento de Tecnologias Protótipos (neurociências e tecnologia assistiva) com o uso de ferramentas mecânicas, sofwars e circuitos eletrônicos.



O Laboratório de Biofísica Celular é coordenado pelo Prof. Dr. Manoel da Silva Filho. http://http://lattes.cnpq.br/2032152778116209 


Responsável: Manoel Filho
E-mail: manoel@ufpa.br
Telefone: 3201-7571
Local: ICB - 2andar

Descrição:

Iniciou como antigo laboratório de Biologia ainda na década de 80. Em 2009 passou a se chamar Laboratório de Biologia Celular e Helmintologia com a implantação e consolidação em Pesquisa em Helmintologia do PPGBAIP, através da contribuição da professora Doutora Reinalda Marisa Lanfredi da UFRJ, que juntamente com a professora doutora Jeannie Nascimento dos Santos implantaram a referida linha de pesquisa no ICB



Data de criação : 1986



Tipos de atividades do laboratório:Ensino, Pesquisa e Extensão.



Pesquisadores : Jeannie Nascimento / Adriano Furtado / Francisco Melo



Responsável: Jeannie Nascimento
E-mail: jeannie@ufpa.br
Telefone: (91) 3201-7890
Local: ICB - 3 andar

Descrição:

O laboratório foi criado em 2001 para estudos de larvas de peixes para avaliar a biodiversidade na região Amazônica e processo de ontogenia. Atualmente desenvolve atividades de : Ensino, Pesquisa e Extensão.



Pesquisadora : Dra. Valerie Sarpedonti



Responsável: Profa. Dra. Valerie Sarpedonti
E-mail: valerie@ufpa.br
Telefone:
Local: ICB - 2andar

Descrição:

Laboratório de Análises Clínicas do Instituto de Ciências Biológicas (LAC-ICB)



O Laboratório de Análises Clínicas do Instituto de Ciências Biológicas (LAC-ICB) é um órgão complementar do ICB. Coordenado pelo Prof. Dr. José Ricardo dos Santos Vieira, que tem por objetivos: 




  1. dar apoio técnico-didático na formação acadêmica na área de Análises Clínicas a discentes de cursos de graduação e pós-graduação que desenvolvem atividades no ICB;

  2. proporcionar atividades práticas e teóricas, bem como a oferta de estágio supervisionado em análises clínicas para os discentes do Curso de Biomedicina da UFPA;

  3. dar suporte às atividades práticas e teóricas do Mestrado Profissional de Análises Clínicas do ICB (MACPro);

  4. dar suporte às atividades didáticas práticas e teóricas de disciplinas dos cursos de graduação e pós-graduação do ICB/UFPA que possuam atividades laboratoriais que possam ser realizadas no LAC/ICB/UFPA, em especial o Curso de Biomedicina e o Mestrado Profissional de Análises Clínicas do ICB (MACPro);

  5. prestar apoio aos docentes dos cursos da UFPA nas atividades que possuam conteúdo prático em análises clínicas fornecendo apoio na a execução de projetos de ensino, pesquisa e extensão;

  6. dar suporte ao desenvolvimento de monografias, dissertações e teses dos cursos de graduação e pós-graduação desenvolvidas no ICB/UFPA.

  7. atender a servidores e estudantes da UFPA, por meio de convênios com a Pro-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP) e Departamento de Assistência e Integração Estudantil (DASIE);

  8. ofertar exames laboratoriais a pacientes oriundos do Sistema Único de Saúde (SUS) por meio de convênios com o Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza (HUBFS) e outros convênios celebrados conforme definido neste regimento;

  9. atender à comunidade do entorno da Cidade Universitária da UFPA por meio da realização de exames laboratoriais conveniados com o SUS/HUBFS e oriundos dos Centros de ;

  10. prestar serviços em análises clínicas para instituições internas ou externas à UFPA, públicas ou privadas, bem como pessoas físicas, na forma deste regimento.



 




  • A missão do LAC-ICB é contribuir para a formação em análises clínicas favorecendo a qualificação profissional docente e discente em nível de excelência.

  • A visão do LAC-ICB é a estar entre os melhores laboratórios de análises clínicas do estado do Pará e ser referência de qualidade na prestação de serviços em análises clínicas.

  • Os valores do LAC-ICB envolvem a assunção de conduta profissional que expressem os altos padrões técnicos e éticos, tendo os discentes como público alvo e o paciente como o principal beneficiário do trabalho desenvolvido.



O LAC apoia dezenas de projetos de pesquisa, ensino e extensão e abriga, atualmente, 17 estudantes em atividades de estágio curricular, estágio rotatório e membros dos projetos de ensino, pesquisa e extensão do LAC.



Em 2014, as atividades desenvolvidas no LAC geraram a publicação de 3 trabalhos científicos e 18 comunicações em congressos científicos locais e nacionais, além da realização de 04 TCCs e 4 dissertações de mestrado.



 



Coordenador Geral: Prof. Dr. José Ricardo dos Santos Vieira. Farmacêutico-bioquímico, Doutor em Genética e Biologia Molecular, professor Adjunto do ICB/UFPA. E-mail: jrvieira@ufpa.br



Coordenadora Administrativa: Tereza Cristina Cardoso Álvares. Administradora. Especialista em Administração Hospitalar (Faculdade São Camilo/SP) e em Epidemiologia para Gerência dos Serviços de Saúde (UEPA/PA). - E-mail: alvarescris@ufpa.br



Corpo Técnico: Edison Abrahim Sales Filho (Biomédico, mestre emCiências Morfológicas), Anderson Levy Bessa da Luz (Biomédico, mestre em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários), Marcus Vinicius Lima (Farmacêutico, mestrando em Ciências Farmacêuticas), Fernanda Farias (Biomédica, mestranda em Biologia Celular), Lena do Socorro Pinheiro Marinho (Técnica em Laboratório), Patrícia Souza (Técnica de Laboratório), Raimundo Nonato Vasconcelos (Biomédico, bolsista, mestrando em Análises Clínicas), Gelson Silva (Agente Administrativo, Servidor da UFPA), André Pinto (Agente Adminstrativo), Gysele Alvares (Agente Administrativo), Elias Saldanha (bolsista PROEX, estudante de Biomedicina), Suelyn Alves (bolsista PROEX, estudante de biomedicina)



Endereço: Instituto de Ciências Biológicas / Campus Básico da Universidade Federal do Pará. Rua Augusto Corrêa, 01 - Guamá. CEP 66075-110. Belém - Pará - Brasil



Telefone: +55 91 3201-7569



Horário de funcionamento: 07:00 às 17:00h



Horário de atendimento ao público:




  • Coleta de material biologico: 07: às 9:00h

  • Entrega de resultados e marcação de exames: 09:00h a 12:00h / 14:00h às 16:00h



 



Público atendido: mediante solicitação médica




  • SUS: pacientes encaminhados pelo Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza e Unidades Básicas de Saúde das comunidades do entorno da Cidade Universitária (Riacho Doce e Tucunduba);

  • Docentes, discentes e servidores da UFPA;  

  • Pacientes de convênios realizados com a FADESPA;



 



Responsável: José Ricardo dos Santos Vieira
E-mail: jrvieira@ufpa.br
Telefone: (91) 3201-7569
Local: ICB - andarTerreo

Descrição:

Laboratório de Anatomia Humana e Funcional moderniza técnicas de conservação



prod1Há mais de 5 mil anos, os egípcios antigos já utilizavam técnicas para mumificar cadáveres, mediante a crença de que, um dia, a alma pudesse retornar ao corpo. Mas, atualmente, a preservação de cadáveres é um método de ensino prático, amplamente realizado em universidades de todo o mundo.



No Laboratório de Anatomia Humana Funcional, do Instituto de Ciências Biológicas (ICB) da Universidade Federal do Pará (UFPA), essa didática será modernizada a partir de 2013, com projetos de técnicas mais adequadas para conservação de peças anatômicas, que servirão tanto para aulas práticas como para a formação de um Museu de Anatomia, a ser montado dentro do Instituto.



Novas técnicas - A coordenação do laboratório trabalha com três novos projetos para este ano, um deles voltado para a criação de um site que mostrará um pouco do trabalho realizado nas pesquisas anatômicas do ICB, e outros dois que dizem respeito à adoção de quatro técnicas mais atuais e menos incômodas no âmbito da conservação: angiotécnica (com vasos sanguíneos), em que se pode introduzir resinas nos vasos e, depois, corroer os tecidos para adquirir a árvore venosa ou arterial da estrutura; osteotécnica, que age com tecidos duros (ossos, articulações); neurotécnica (encéfalo) e esplancnotécnica (sistemas respiratório e digestivo).



prod2A coordenadora do laboratório, Roseane Borner, explica que a conservação é uma ferramenta fundamental na Anatomia, pois é muito difícil trabalhar com ensino e pesquisa sem salvar as peças orgânicas, que têm todo um processo de necrose e putrefação. “Existem muitas atividades de conversação, umas rudimentares e outras bem sofisticadas, então, estamos caminhando para instalar no ICB técnicas modernas que trabalham com substâncias químicas mais apropriadas, como resina, látex, hidróxido de sódio etc, e essas já foram adquiridas com uma verba liberada recentemente pela Reitoria”, comenta a professora da UFPA.



O objetivo das técnicas de conservação é manter as características morfológicas das peças o mais semelhante possível às encontradas em animais vivos, ou seja, cor, consistência dos tecidos e flexibilidade. Atualmente, o laboratório trabalha com duas técnicas básicas: formolização e glicerinação. Mas o uso do formol, que é um dos conservantes mais antigos, será proibido a qualquer momento, pois, além de ser fortemente tóxico, está praticamente comprovado que é cancerígeno e ainda causa lacrimejamento, entre outros desconfortos, a quem o manuseia. Assim, a UFPA já utiliza outro álcool, a glicerina, que, apesar de não conservar muito bem peças do sistema nervoso, substitui beneficamente o formol com seu baixo grau de toxidade e sua condição inodora.



prod3A múmia e o museu – Quando se fala em “múmia”, logo se imagina um corpo todo enfaixado dentro de um sarcófago. Mas, no laboratório da UFPA, um cadáver que tem aproximadamente 15 ou 20 anos e passou pelo processo de embalsamamento com formol diversas vezes foi o único que deu para aproveitar, entre cadáveres antigos que eram usados no Instituto. Ele foi dissecado, lixado, envernizado, recebeu a aplicação de um produto antifúngico, teve o corpo articulado com chapinhas de alumínio para se movimentar, ainda tem restos de tecido no rosto e nos músculos intercostais e tem até direito a um banho de Sol, de vez em quando, para evitar a proliferação de fungos; tudo isso para estar em bom estado e fazer parte das aulas práticas, bem como se tornar componente do museu de Anatomia que será montado no ICB para expor as melhores peças conservadas.



Além do museu, existe outro projeto para os próximos anos, trata-se do laboratório de plastinação, uma técnica extremamente elaborada de conservação, que consiste na retirada de água e lipídios do corpo humano, aplicando polímeros sintéticos no local. “A plastinação é uma técnica maravilhosa e já tem uma sala reservada. Conversei com o reitor e ele se colocou muito aberto para apoiar a produção do laboratório e também do museu, mas temos que ir devagar, pois esse laboratório exige, no mínimo, 60 mil reais para ser montado. Então, vamos seguir com técnicas mais simples e, posteriormente, concretizaremos essa ideia”, finaliza Roseane Borner.



prod4O laboratório teve sua reforma concluída em 2011 e contribui para o treinamento prático e o melhor aprendizado de alunos dos cursos de Biomedicina, Medicina, Odontologia, Fisioterapia e Enfermagem. Após essa restauração, a coordenação e os monitores fizeram a catalogação das peças antigas e receberam da Reitoria um alto investimento para que fossem compradas peças tridimensionais, que hoje são muito usadas nas aulas e aumentaram o interesse dos alunos.



“Apesar de algumas vezes o estudo dos cadáveres promover medo, aversão, receio e até mesmo curiosidade, é fundamental para a didática e o dinamismo das aulas, já que, ao utilizar cadáveres para a pesquisa, é possível a comprovação de métodos mais apropriados para a sua dissecação, conservação e estudo da Anatomia”, ressalta Milton Fernandes, monitor do laboratório.



Home page: http://www.anatomiaicb.ufpa.br



Texto: João Thiago Dias – Assessoria de Comunicação da UFPA



Fotos: Laís Teixeira



Responsável: Roseane Borner
E-mail: borner@ufpa.br / http://www.anatomiaicb.ufpa.br
Telefone: (91) 3201-8378
Local: ICB - andarTerreo

Descrição:

O laboratório existe há cerca de 20 anos e foi instituído com o objetivo de realizar pesquisa na área de ecologia marinha/oceanografia biológica. Inicialmente desenvolveu pesquisas com organismos bentônicos (especialmente moluscos e crustáceos) e plataforma (larvas de invertebrados aquáticos), na área de plataforma continental norte brasileira, praias e mangais. Realizou atividades pioneiras na implantação dessas linhas de pesquisa no Pará, tanto no Curso de Biologia como no Curso de Oceanografia da UFPA. O BIOAQUA está apto a realizar análises e monitoramento de ambientes aquáticos. Monitoramento de Bioindicadores bentônicos e plânctons (ostras, caranguejos, poliquetas, etc). Análise de nutrientes da água (série N, P< Sílica, outros)



Atividades realizadas de Ensino, Pesquisa  e Extensão.



Pesquisadora : Lucinice Belúcio



Responsável: Lucinice Belúcio
E-mail: lbelucio@gmail.com
Telefone: (91) 3201-7560
Local: ICB - 3 andar

Descrição:

Criado em 2006, o laboratório realiza pesquisa com equipamento multiusuário microscópio eletrônico de transmissão, citômetro de fluxo, microscópio com focal, espectroflorimetro.As atividades realizadas no âmbito são de Ensino e Pesquisa. 



Pesquisadores : Chubert Sena / Barbarella Machi / José Martins



Responsável: Chubert Sena
E-mail: chubertsena@ufpa.br
Telefone: 3201 7746
Local: ICB - prediomicroscopia

Descrição:

O Laboratório de Biologia Estrutural e Funcional começou a funcionar em 2008, vinculado a dois programas de Pós Graduação, Neurociências, Biologia Celular, Odontologia. No laboratório realiza-se pesquisa em avaliação toxicológica em glândulas salivares, terapia com plantas medicinais em lesões da cavidade oral, modelos experimentais e agrvantes em doenças periodontal induzida, anatomia evolutiva dos tecidos dentários de animais silvestres, micromorfologia dos tecidos dentais, anatomia comparada endodôntica de primatas neotrópicas, farmacologia e terapêutica medicamentosa em odontologia.



 



Responsável: Rafael Rodrigues Lima / Ênio Mauricio Neri dos Santos
E-mail: enio@ufpa.br / rafalima@ufpa.br
Telefone: 3201-7545
Local: ICB - 2 andar

Descrição:

O Laboratório de Biologia de Organismos Aquáticos (LABIO), foi fundado em 1986 com a missão de promover o ensino, a pesquisa e atividades de extensão, na área da ecologia disseminando à educação ambiental para a comunidade. Está sob a coordenação da Profa. Dra. Luiza Nakayama.



Pesquisadores : Profa. Dra. Luiza Nakayama./ Suzana Carla da Silva Bittencourt



Responsável: Luiza Nakayama
E-mail: lunak@ufpa.br
Telefone: (91) 3201-8415
Local: ICB - 3 andar

Descrição:

O Laboratório de Biologia Molecular foi criado no ano de 1994, com o intuito de realizar pesquisas em genética molecular. Foi pioneiro com pesquisas em genética molecular, tendo por fundadores os professores: Paula Schneider, Horácio Schneider e Iracilda Sampaio. Desenvolve pesquisas nas áreas de Evolução Molecular em Primatas, Genética de Câncer, Genética de Microrganismos, Evolução Molecular de Quirópteros, Genética Animal.



No laboratório se desenvolve atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão. A equipe do laboratório é composta pelos professores:   Maria Paula Cruz Schneider / Cláudia Regina Batista de Souza / Margarida  


Responsável: Maria Lúcia Harada / Claudia Regina Batista de Souza
E-mail: harada@ufpa.br
Telefone: (91) 3201-7568 / (91)3201-7585
Local: ICB - andarTerreo

Responsável: Victória Judith Nahum
E-mail:  biologiapesqueira@hotmail.com
Telefone:
Local:  MADAM

Descrição:

O Laboratório de Biotecnologia do Núcleo de Meio Ambiente (LABNUMA), foi criado com o intuito de micropropagar o CURUUÁ (Produção de Mudas). Desenvolve atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão na área da Botânica, em Fisiologia e Morfologia Vegetal . Coordenado pelo Prof. Dr. Marco Antônio Menezes Neto. Localiza-se no NUMA.



Pesquisador : Marco Antônio Menezes Neto  



Responsável: Marco Antonio Menezes
E-mail: neto@ufpa.br
Telefone: 3201-7970
Local: NUMA

Descrição:

O laboratório de Botânica do instituto de Ciências Biológicas, ocupa uma área de aproximadamente 40m² no 1º andar do ICB. Neste Laboratório são desenvolvidos diversos trabalhos relacionados a botânica criptogâmica, fisiologia vegetal.



atividades do laboratório:Ensino, Pesquisa e Extensão.



Pesquisadores : Rosildo Santos Paiva / Marco Antônio Menezes Neto 



Responsável: Rosildo Paiva
E-mail: rpaiva@ufpa.br
Telefone: 3201-7561
Local: ICB - andarTerreo

Responsável: Vânia Correa
E-mail: vania@ufpa.br
Telefone:
Local: ICB - andarTerreo

Descrição:

Estudos ém Citogenética de Primatas.



atividades do laboratório:Ensino, Pesquisa e Extensão.



Pesquisadores : Júlio Cesar Pieczarka / Cleusa Yoshiko Nagamachi / Jonathan Stuart Ready



Responsável: Júlio Cesar Pieczarka / Cleusa Yoshiko Nagamachi / Jonathan Stuart Ready
E-mail: julio@ufpa.br
Telefone: 3201-8423
Local: ICB - 3 andar

Descrição:

O laboratório de Citogenética humana do ICB foi fundado em janeiro de 1987 pela iniciativa da professora Marlúcia Medeiros de Amorim, que desenvolveu os primeiros estudos citogenéticos no Estado, sobre a infertilidade humana e sobre os efeitos mutagênicos e com citogênicos do mercúrio em populações expostas no Rio Tapajós na Amazônia brasileira. O grupo de pesquisa publicou mais de 140 artigos científicos em periódicos especializados, quatro capítulos de livros e mais de 200 trabalhos em anais de eventos.



Data de criação do Laboratório: Janeiro de 1987



Tipos de atividades do laboratório: Ensino, Pesquisa e Extensão.



Pesquisador : Rommel Burbano



Responsável: Rommel Burbano
E-mail: rommel@ufpa.br
Telefone: 3201-7930
Local: ICB - andarTerreo

Descrição:

O Laboratório de Citopatologia (LABOCITO), Criado aproximadamente em 2000, com o intuito de pesquisa e estágios em citologia, presta serviços para o Hospital Barros Barreto e Amazônia de Tomé-Açu. No LABOCITO são desenvolvidas atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão. O Laboratório é coordenado pela Profa. Esp. Mihoko Yamamoto Tsutsumi.



 



Responsável: Mihoko Yamamoto
E-mail: mihoko@ufpa.br
Telefone: 3201-8429
Local: ICB - 3 andar

Responsável: Igor Schneider
E-mail:  ischneider@ufpa.br
Telefone: (91) 3201- 8418
Local: ICB - andarTerreo

Responsável: Felipe Contreras
E-mail: contreras@ufpa.br
Telefone: 3201-8180
Local: ICB - 2 andar

Descrição:

Professores: - André Luiz Netto Ferreira;



                      - Leandro Juen;



                      - Luciano Fogaça de Assis Montag;



                      - Raphael Ligeiro Barroso Santos



 



Responsável: Leandro Juen



E-mail: leandrojuen@ufpa.br



Telefone: 91 3201-8896 / 3201- 8664



Local: ICB - 2 andar, sala Nº 217.



O Laboratório de Ecologia e Conservação (LABECO) foi criado em 2013 no Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal do Pará (UFPA), Belém (PA) (www.facebook.com/LABECO). Temos o objetivo de pesquisar como os organismos estão distribuídos no Bioma Amazônico, buscando entender quais mecanismos afetam sua distribuição e como as modificações provocadas pelo uso do solo pelo homem (p.ex. agricultura, pecuária, retirada de madeira) podem afetar as espécies. Procuramos elaborar estratégias para a conservação dessas espécies e formas de mitigar os impactos. Os principais grupos usados como modelos nessas pesquisas são os insetos aquáticos (Diptera, Ephemeroptera, Heteroptera, Odonata, Plecoptera e Trichoptera) e peixes de igarapés, contemplando as linhas de pesquisa em ecologia, conservação e avaliação da biodiversidade aquática amazônica. Como meta, o LABECO pretende responder dentre os principais usos de solo na Amazônia quais são os menos impactantes, e o que pode ser feito para diminuir os impactos nos ecossistemas aquáticos.



O LABECO é formando por um espaço físico de aproximadamente 400 metros quadrados, divididos em dois espaços refrigerados, destinados a alunos de graduação dos cursos de Ciências Biológicas e Oceanografia, e de pós-graduação em Ecologia, Ecologia Aquática e Pesca e Zoologia, além de pesquisadores visitantes vinculados aos docentes lotados no laboratório. É equipado com estereomicroscópios, microscópios, balanças analíticas, estufas, GPS, máquinas fotográficas semiprofissionais e todo o material de campo necessário para a realização de estudos com ecologia aquática em igarapés amazônicos. Para as atividades de campo, o laboratório conta ainda com um barco de alumínio de 6 m de comprimento com motor de popa de 15 hp e um medidor multi parâmetro (Horiba) para avaliação de qualidade físicoquímica da água.



A coordenação dos estudos é exercida pelos professores Dr. Leandro Juen, Dr. Luciano Fogaça de Assis Montag, Dr. Raphael Ligeiro e Dr. André Luiz Netto Ferreira. Abaixo é listado a linha de atuação de cada um dos docentes e informações sobre seu histórico de formação.



Dr. Leandro Juen – Possui graduação em Licenciatura Plena em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado de Mato Grosso (2002), mestrado em Entomologia pela Universidade Federal de Viçosa (2006) e doutorado em Ecologia e Evolução pela Universidade Federal de Goiás (2011). Atualmente é professor adjunto II do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal do Pará/campus Guamá e docente nos programas de Pós-graduação em Ecologia (UFPA/Embrapa), Ecologia Aquática e Pesca (UFPA) ;Zoologia (UFPA/MPEG) e Ecologia e Conservação da Biodiversidade (Unemat). Atualmente é vice - coordenador da Pós-graduação em Zoologia (UFPA/MPEG). Desenvolve projetos nas linhas de pesquisa de ecologia e conservação avaliando como a alteração da integridade afeta a biodiversidade aquática. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Ecologia e distribuição de espécies, atuando principalmente nos seguintes temas: Ecologia de Rios, Comunidades aquáticas, Macroinvertebrados, diversidade beta, diversidade e distribuição de Odonata. Maiores informações e produção acadêmica podem ser acessadas no currículo http://lattes.cnpq.br/1369357248133029



Dr. Luciano Fogaça de Assis Montag – Possui graduação em Ciências Biológicas (Bacharelado e Licenciatura) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1997), mestrado em Zoologia pela Universidade Federal do Pará (2001) e doutorado em Zoologia pela Universidade Federal do Pará (2006). Atualmente é professor adjunto II da Faculdade de Ciências Biológicas do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal do Pará/campus Guamá, Vice-coordenador do curso de Pós-graduação em Ecologia do Convênio UFPA/Embrapa (2015-2017) e docentes dos Programas de Pós-graduação em Ecologia, Ecologia Aquática e Pesca (UFPA) e Zoologia (UFPA/MPEG). Representante da Região Norte no conselho consultivo da Sociedade Brasileira de Zoologia (2010-2012). Desenvolve projetos nas linhas de pesquisa de ecologia e conservação de peixes amazônicos. Tem experiência na área de Zoologia, com ênfase em Conservação das espécies, atuando principalmente nos seguintes temas: ecologia de comunidades aquáticas, ecologia trófica e reprodutiva de peixes. Maiores informações e produção acadêmica podem ser acessadas no currículo http://lattes.cnpq.br/4936237097107099



Dr. Raphael Ligeiro Barroso Santos – Possui bacharelado em Ciências Biológicas, com ênfase em Ecologia, pela Universidade Federal de Minas Gerais (2006), e mestrado (2008) e doutorado (2013) pelo Programa de Ecologia, Conservação e Manejo de Vida Silvestre (ICB/UFMG). Entre 2011 e 2012 trabalhou como pesquisador visitante na Oregon State University e na Agência de Proteção Ambiental Norte-Americana (US-EPA) na cidade de Corvallis (Oregon, USA), enquanto bolsista de doutorado sanduíche CNPq. É professor adjunto na Universidade Federal do Pará (Belém, PA). Tem experiência na área de ecologia, com ênfase em riachos tropicais. Maiores informações e produção acadêmica podem ser acessadas no currículo http://lattes.cnpq.br/7227882802366966.



Dr. Andre Luiz Netto Ferreira – Possui graduação em Ciências Biológicas Modalidade Zoologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2004), mestrado em Ciências Biológicas (Zoologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2006) e doutorado (2010) e pós-doutorado (2011-2013) em Zoologia pela Universidade de São Paulo. Atualmente é professor visitante da Universidade Federal do Pará e colaborador da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade de São Paulo e Museu Paraense Emílio Goeldi. Tem experiência na área de Zoologia, com ênfase em Morfologia e Taxonomia dos Grupos Recentes, atuando principalmente em sistemática, taxonomia e biogeografia de peixes de água doce na região Neotropical. Maiores informações e produção acadêmica podem ser acessadas no currículo http://lattes.cnpq.br/1272360228203358



 



Atualmente sete grandes projetos estão sendo desenvolvidos no LABECO, cujos objetivos e informações gerais são apresentados abaixo.



- Tempo de resiliência das comunidades aquáticas após o corte seletivo de madeira na Amazônia Oriental



Este projeto visa fornecer informações sobre o efeito da retirada seletiva de madeira sobre a comunidade aquática, avaliando a capacidade de auto-depuração da comunidade em retornar ao seu estado original após passar por alterações. Bem como, o tempo necessário para o fenômeno de resiliência acontecer. Adicional a isso, testamos se a complexidade ambiental também é afetada, através de índices multimétricos que mensuraram a integridade das comunidades aquáticas.



Financiamento: CNPq; 33Forest e Cikel. Instituições parceiras: UFG e UFLA;



- Variação espaço-temporal em comunidades aquáticas de igarapés afogados do sítio PPBio Caxiuanã, Amazônia Oriental



Neste projeto quantificando a importância relativa dos fatores espaciais e ambientais para explicar a variação na composição das assembleias de macroinvertebrados aquáticos e de peixe no Flona de Caxiuanã. Concomitante a isso, será avaliado se existe concordância entre as assembleias estudadas, caso existe uma alta concordância entre os organismos pode-se padronizar apenas um ou dois grupos taxonômicos que melhor representam a exigência de toda a comunidade aquática para serem coletados, podendo reduzir o número de táxons, diminuir custos e tempo na identificação, facilitando assim, a implementação do monitoramento biológico da qualidade ambiental.



Financiamento: CNPq e PPBIO. Instituições parceiras: UFG;



- Determinantes da distribuição da diversidade na Amazônia Paraense



Este projeto tem três objetivos principais: 1) Descrever o padrão de distribuição da diversidade da fauna em ambientes aquáticos e terrestres da Amazônia paraense; 2) Determinar o efeito da integridade do hábitat sobre o padrão de distribuição da riqueza, composição de espécies e diversidade genética. 3) Determinar a importância relativa de fatores espaciais e das regras de assembleia (efeito do ambiente) sobre a distribuição da riqueza, composição de espécies e diversidade genética.



Financiamento: Fapespa, CNPq e PPBIO. Instituições parceiras: UFG, MPEG;



 



- Zoneamento bioenergético do plantio de palma e os impactos a biodiversidade no Estado do Pará



O objetivo deste estudo é avaliar os impactos da expansão das plantações da palmeira de dendê na Amazônia Oriental sobre a biodiversidade aquática e de aves. Com isso, pretendemos gerar recomendações para o planejamento ecológico-econômico de uso do solo e apresentar estratégias de manejo, que possam permitir investimentos mais efetivos tanto para a conservação ambiental como para o desenvolvimento econômico da região.



Financiamento: USAID, FAPESPA e Agropalma. Instituições parceiras: UFG, MPEG, CI Brasil



 



- Biodiversity and Socio-Economic Impacts of Palm Oil Bioenergy Development in the Brazilian Amazon



The goal of this study is to evaluate the impacts of palm oil plantation expansion in the Brazilian Amazon in three interconnected dimensions: environmental, policy and socioeconomic. The study case focal area is the Pará State, northern Brazil. These issues will be assessed from a multi-stakeholder s perspective, including the views of government agencies, private palm oil companies and affected small landholders. We will use mixed methods of social and natural science research (both qualitative and quantitative) to collect data, specifically evaluating how policies for palm oil crop expansion affect protected areas, biodiversity and local communities (social groups), currently and in the future. These three dimensions will provide a holistic understanding of palm oil based biodiesel impacts in Brazil to suggest means for achieving a sustainable palm oil production in the country. Specifically we intend to: 1) evaluate public policies for the biofuel sector and their relationship to biodiversity and protected areas (legal reserves) policies; 2) define the main drivers for biofuel crop expansion and implications for protected areas and biodiversity conservation as evidenced by species richness and abundance of terrestrial arthropods, aquatic biota, amphibians and birds; 3) assess the impact of palm oil cropping systems for biofuel development on socioeconomic systems. The study will focus on the Pará municipalities included in the Belém Endemism Center such as Moju, Igarapé-Mirim, Tailândia, Tomé-Açu, Acará and Concórdia do Pará, on the basis that these communities concentrate current and projected palm oil plantations according to the Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). The project will combine the expertise of natural and social scientists to investigate socio- ecological impacts of the palm oil biofuel industry currently under development in the one of the most endangered and complex human-modified landscape in Brazilian Amazon.. Financiamento: U.S. Agency for International Development USAID. Instituições parceiras: CI Brasil e Michigan Technological University, USA.



 



- Influência dos diferentes tipos de uso do solo sobre a biodiversidade na Amazônia Oriental



O objetivo deste projeto é mensurar o efeito dos diferentes tipos de usos de solo sobre as comunidades aquáticas e sobre a complexidade ambiental desses ecossistemas, principalmente através do uso de índices multimétricos. Para isso, serão amostrados aproximadamente 100 igarapés distribuídos em regiões de plantação de dendê; pecuária; exploração madeireira manejada e não manejada e áreas de remanescentes florestais. Ao todo serão amostradas 20 áreas em cada tipo de uso (divididos entre tratamento e controle). Os grupos biológicos a serem avaliados incluem insetos aquáticos (Diptera, Ephemeroptera, Heteroptera, Odonata, Trichoptera) e a assembleia de peixes.



Financiamento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Instituições parceiras: UFG.



 



- Efeito da heterogeneidade de habitats sobre os padrões de diversidade de macroinvertebrados aquáticos em igarapés da Amazônia oriental



O objetivo geral desta proposta é analisar o efeito da heterogeneidade de habitats fluviais sobre os componentes alfa e beta da diversidade de macroinvertebrados aquáticos. Serão utilizados trechos de igarapés afogados (predominantemente lênticos) da FLONA de Caxiuanã como representantes de riachos homogêneos e trechos de igarapés de terra firme (predominantemente lóticos) na mesma UC como representantes de riachos possivelmente mais heterogêneos. Os grupos biológicos a serem avaliados incluem insetos aquáticos (Diptera, Ephemeroptera, Heteroptera, Odonata, Trichoptera) e a assembleia de peixes.



Financiamento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Instituições parceiras: UFMG.



Responsável: Leandro Juen / André Luiz Netto Ferreira / Raphael Ligeiro Barroso Santos / Luciano Montag
E-mail: leandrojuen@ufpa.br
Telefone: 3201-8896 / 3201- 8664
Local: ICB - 2 andar, sala 217

Descrição:

Este laboratório abriga os pesquisadores e seus alunos que desenvolvem pesquisas relacionadas a ecologia de vertebrados, incluindo: Ecologia de comunidades, populações, filo geografia, interações animais plantas, ecologia de florestas tropicais de peixes, aves, mamíferos, repteis e anfíbios. Data de criação do Laboratório: 2004 Tipos de atividades do laboratório: Ensino,  Pesquisa e  Extensão.



Pesquisadores : Maria Cristina dos Santos Costa / Ana Cristina Mendes de Oliveira / Marcos Pérsio Dantas Santos / Maria Aparecida Lopes


Responsável: Maria Cristina Costa / Ana Cristina Mendes de Oliveira
E-mail: mcsc@ufpa.br
Telefone: (91) 3201-8420
Local: ICB - 3 andar

Descrição:

Fundado em 1986 com propósito de realizar pesquisa e assistência na investigação de doenças genéticas e desenvolve atividades de Ensino,Pesquisa e Extensão.



Pesquisador : : Luiz Carlos Santana da Silva 



Responsável: Luis Carlos Santana
E-mail: lcss@ufpa.br
Telefone: 3201-8030
Local: ICB 2 andar

Responsável: Artur da Silva
E-mail:  asilva@ufpa.br
Telefone: 3201-8426 / 3201-8418
Local:

Responsável: Sandro Percário
E-mail: percario@ufpa.br
Telefone:
Local: ICB - 3 andar

Descrição:

O laboratório de farmacologia e toxicologia tem equipe composta pelo Professor Doutor Moises Hamoy (Coordenador), Professora Doutora Vanessa Joia de Mello (Vice-Coodernador), seus alunos e professores associados. São desenvolvidos projetos que visam avaliar o potencial fármaco toxicológico de produtos naturais e correlatos. Dentro da proposta de desenvolvimento cientifico estão incluídas ferramentas que envolvem eletrofisiologia, farmacologia geral e molecular bem como analises que se relacionam com a descrição de perfis toxicológicos.



Data de criação do Laboratório: 2012



Tipos de atividades do laboratório: Ensino, Pesquisa e Extensão.



Pesquisadores : Moises Hamoy / Vanessa Mello



Responsável: Moisés Hamoy
E-mail: hamoy@ufpa.br
Telefone:
Local: ICB - 3 andar

Responsável: Rômulo Augusto Feio
E-mail:  raff@ufpa.br
Telefone: 3201-8212
Local: ICB - 3 andar

Responsável: Maria Elena Crespo
E-mail:  ecrespo@ufpa.br
Telefone: 3201-8212
Local: ICB - 2 andar

Descrição:

 



 



Responsável: Ivoneide Silva
E-mail: isilva@ufpa.br
Telefone: 3201-7920
Local: ICB - 3 andar

Descrição:

Criado na década de 80 com intuito de desenvolver pesquisa humana e medica.



Tipos de atividades do laboratório: Ensino, Pesquisa e Extensão.



Equipe: Eduardo José Melo,Maria Helena Thomaz Maia,



Responsável: Eduardo José Melo
E-mail: mariahtmaia@ufpa.br
Telefone: 3201-7843
Local: ICB - predio de DNA

Responsável: Rita de Cássia Mousinho
E-mail: rmcr@ufpa.br
Telefone:
Local: ICB - 2 andar

Responsável: Patricia Santos
E-mail:  pmatos@ufpa.br
Telefone: 3201-7877 / 3201-7874
Local: ICB - andarTerreo

Responsável: Reia Silva Lemos
E-mail:  Rs.ufpa@gmail.com
Telefone: 3201-7877
Local: ICB - 3 andar

Responsável: Lucídia Santiago
E-mail:  lucisant@ufpa.br
Telefone: 3201-7401
Local: ICB - 3 andar

Responsável:  Eduardo Franco
E-mail: edfranco@ufpa.br
Telefone:
Local: ICB - predio de ensino

Responsável: Tereza C. O. Corvelo
E-mail:  tereza@ufpa.br
Telefone: 3201-8430
Local: ICB - 3 andar

Descrição:

O Laboratório de Imunihistoquímica e Biologia do Desenvolvimento realiza analise da estrutura tecidual de diferentes organismo animais ;aborda estudos do desenvolvimento embrionário de diferentes animais; cultivo de animais (Peixes;Camaleao) in vivo.Os tipos de atividades desenvolvidas são de Ensino, Pesquisa e Extensão.



fazem parte da equipe de pesquisadores do laboratório : Maria Auxiliadora / Rossineide Martins da Rocha / Veronica Regina Lobato de Oliveira Bahia



 



Responsável: Maria Auxiliadora
E-mail:  auxi@ufpa.br
Telefone: 3201-7876
Local: ICB - 3 andar

Descrição:

O Laboratório de Invertebrados foi criado em 2007. Está sob a coordenação da Profa. Dra. Roberta Valente e do vice- coordenador Prof. Dr. José Antonio Marin Fernandes. Nele investiga-se a evolução sistemática e Biologia de besouros; sistemática de percevejo; sistemática, evolução e ecologia de aranhas; ecologia e sistemática de aranhas. Os tipos de atividades desenvolvidas no laboratório são de Ensino, Pesquisa e Extensão.



fazem parte da equipe de professores pesquisadores do laboratório: Roberta de Melo Valente / José Antonio Marin Fernandes / Maria Cristina Esposito / Gustavo Rodrigo Sanches Ruiz / Fernando Augusto Barbosa Silva 



Responsável: Roberta de Melo Valente / José Antonio Marin Fernandes / Maria Cristina Espósito / Gustavo Rodrigo Sanches Ruiz / Fernando Augusto Barbosa Silva
E-mail: rvalente@ufpa.br
Telefone: 3201-7935
Local: ICB - 3 andar

Descrição:

Criado em 1980, o laboratório de micologia serve de apoio as atividades de ensino e extensão aos cursos de Biologia (licenciatura e bacharelado), Biomedicina, Medicina, Odontologia e Nutrição. Na pesquisa são desenvolvidos estudos na área de micologia ambiental incluindo coleta, isolamento e identificação de fungos a partir de vários substratos. Principais linhas de pesquisa: 1. Investigar fontes ambientais de fungos de interesse médico e veterinário, com ênfase em cryptococcus spp. São desenvolvidas atvidades de Ensino, Pesquisa e Extensão no laboratório.



Equipe de Pesquisadores : Solange Evangelista / Antonio Hernandez Gutiérrez 



 



Responsável: Solange Evangelista(coordenadora) e Antonio Hernandez Gutiérrez( vice-coordenador)
E-mail: sol@ufpa.br
Telefone: 3201-7549 / 3201-8662 / 3201-8
Local: ICB - 3 andar

Responsável: Maristela Cunha
E-mail: mgcunha@ufpa.br
Telefone:
Local: ICB - 3 andar

Descrição:

Criado em 2005, o laboratório tem como principal objetivo analisar agua de rios, ambientes domésticos e igarapés da região metropolitana de Belém.No laboratório são desenvolvidas atividades de Ensino e Pesquisa e Extensão



A euipe de pesquisadores é composta por : Karla Tereza Silva Ribeiro.



 



Responsável: Karla Ribeiro
E-mail: karlarib@ufpa.br
Telefone:
Local: ICB - andarTerreo

Responsável:  ADA
E-mail:  Icb.ada.anexo@gmail.com
Telefone:
Local: ICB - predio de ensino

Descrição:

Criado em 2010, o museu de zoologia funciona como um programa credenciado na instituição que concentra todas as atividades de curadoria do acervo fauna coletados pelos pesquisadores do grupo de zoologia, tanto para fins de pesquisa quanto para fins didáticos.As atividades desenvolvidas são: Ensino, Pesquisa e Extensão.



Equipe: Ana Cristina Mendes



Responsável: Ana Cristina Mendes
E-mail: cris.mastozoologia@gmail.com
Telefone:
Local: ICB - 3 andar

Responsável: CristovamDiniz
E-mail: diniz@ufpa.br
Telefone:
Local: Barros Barreto

Responsável: Silene Lima
E-mail:  silene@ufpa.br
Telefone: 3201-8177
Local: ICB - 3 andar

Descrição:

Criado em 2007 com intuito de pesquisa e Neurofarmacologia, Neuroendocrinologia e biologia celular. No laboratório são desenvolvidas atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão.



 



Equipe de pesquisadores : Anderson Manoel Herculano Oliveira da Silva / Karen Renata Matos Oliveira



 



Responsável: Anderson Herculano
E-mail: herculano@ufpa.br
Telefone: 3201-7742
Local: ICB - 2 andar

Descrição:

Criado em 1991, com o intuito de estudar as funções visuais na biologia comparada.No laboratório são desenvolvidas atividades de Ensino e Pesquisa.



Pesquisador : Fernando Alan Farias Rocha 


Responsável: Bruno Duarte Gomes e Fernando Alan Farias Rocha
E-mail: rochaf@ufpa.br
Telefone:
Local: ICB - 3 andar

Descrição:

O laboratório foi inaugurado com 2012 como o objetivo de desempenhar análises farmacológicas de plantas da Amazônia com atividade analgésica anti-inflamatória neurogênica. Nele temos colaboração com outros laboratórios sendo os principais os de química, que trabalha com isolamento e purificação de substâncias provenientes da flora amazônica. Além disso, temos a colaboração de “eco componentes” da professora Carmen Gilda na engenharia mecânica onde trabalhamos com avaliação de bioamazônia proveniente da flora Amazônica.



Tipos de atividades do laboratório: Ensino, Pesquisa e Extensão.



 



Responsável: Gilmara Bastos
E-mail: bastosgnt@gmail.com
Telefone: (91) 99687334
Local: ICB - 3 andar

Descrição:

O laboratório foi criado em 2006 com intuito de investigações sobre atividade inflamatória e modelo de doenças neurais agudas e a produção de novas células neurais em cérebros adultos.São desenvolvidas atividades de  Ensino, Pesquisa e Extensão.



 



Pesquisador : Wallace Leal 



Responsável: Wallace Leal
E-mail:  walaceleal@yahoo.com.br
Telefone: 3201-7741
Local: ICB - andarTerreo

Descrição:

O Laboratório de Neuroquímica Molecular e Celular, sob a coordenação da Profa. Dra. Barbarella Macchio, desenvolve atualmente o PROJETO FORTALECIMENTO DE ESTRUTURA DE PESQUISA DA UFPA VOLTADA PARA O ESTUDO DA BIODIVERSIDADE, apoiado pelo Fundo Amazônia - BNDES. O projeto tem por objetivo fortalecer a infraestrutura de pesquisa da UFPA voltada para o estudo da biodiversidade. Para desenvolver o estudo, foi dividido em dois componentes, onde no primeiro consta a construção e estruturação do centro de Estudos Avançados da Biodiversidade, e, no segundo, consta a reforma e estruturação de laboratórios de pesquisa em biotecnologia dos institutos da UFPA. O nosso subprojeto apoiava a reforma dos laboratórios de Neuroquímica Molecular e Celular (vinculado ao Instituto de Ciências Biológicas-ICB) e de Planejamento e Desenvolvimento de Fármacos (vinculado ao Instituto de Ciências Exatas e Naturais-ICEN), ambos da UFPA. Além das reformas, apoiava aquisição de equipamentos a serem usados pelo grupo de biotecnologia que compreende o Laboratório de Planejamento e Desenvolvimento de Fármacos (LPDF), Laboratório de Cromatografia Líquida (LabCroL) e Laboratório de Investigação Sistemática e Química Fina (LISQF), do ICEN, e Laboratórios de Neuroquímica Molecular e Celular (LNMC) e de Biologia Estrutural (LBE), do ICB. Para desenvolver o projeto contamos com a aquisição dos equipamentos: - Sistema de medição de íon intracelular em sistemas vivos - Microscópio de fluorescência com sistema de captura de imagem - Cluster de PC’s para bioinformática - Sistema de detecção de massas com gerador de nitrogênio - Sistema de evaporação de solventes orgânicos - Microcomputadores para uso comum - Espectrofotômetro - Concentrador a vácuo - Sistema de iluminação HBO para microscópio confocal Em relação às reformas laboratoriais, a reforma do LNMC foi totalmente concluída, com reestruturação de espaço e confecção de armários e revestimentos de bancadas no interior, e a reforma elétrica no LPDF está em fase final. No âmbito do que foi proposto, o projeto está atendendo as necessidades dos Laboratórios citados, garantindo a execução de futuros projetos de pesquisa ao montar uma infraestrutura adequada para tal, uma vez que aceite de trabalhos científicos em periódicos de alto impacto, estão acompanhados de exigências de análises mais sofisticadas, o que envolve equipamentos de alta tecnologia e elevado custo de aquisição.



Criação : 1995;



Tipos de atividades do laboratório: Ensino, Pesquisa e Extensão.



Equipe de Pesquisadores : Jose Luíz Martins do Nascimento /  Barbarella de Matos Macchi



Apoio: 



Responsável: José Luiz Nascimento / Barbarella Macchi
E-mail:  jlmn@ufpa.br / barbarella@ufpa.br
Telefone: 3201-7545
Local: ICB - 2 andar

Responsável:
E-mail:
Telefone:
Local:

Descrição:

Criado em 2006 o laboratório pesquisa comportamentos animais sobre bioacustica e percepção ambiental, analisa a valencia de sinais das paisagens sonoras, possui projeto de extensão no curso de acústica e conservação de mamíferos aquáticos. As atividades desenvolvidas são : Pesquisa e Extensão.



Pesquisadores : Maria Luiza / Leonardo dos Santos Sena / Silene Maria Araujo de Lima / Olavo de Faria Galvão / Carla Cristina Paiva Paracampo / Alda Loureiro Henriques 


Responsável: Maria Luiza Silva
E-mail: mluisa@ufpa.br
Telefone: 3201-8230
Local: ICB - predio de microscopia

Descrição:

Tipos de atividades do laboratório: Ensino, Pesquisa e Extensão.



 



Membros da Equipe: Lacy Ribeiro / Marcelo Bahia 



Responsável: Lacy Brito / Marcelo Bahia
E-mail:  lcdbrito@ufpa.br / mbahia@ufpa.br
Telefone:
Local: ICB - 3 andar

Descrição:

Tipos de atividades do laboratório : Ensino, Pesquisa e Extensão.



Pesquisadora:  Edilene Oliveira da Silva



Responsável: Edilene Oliveira Silva
E-mail:  Edilene@ufpa.br
Telefone: 3201-7927
Local: ICB - 3 andar

Responsável: Maria Paula Schneider
E-mail:  Paula@ufpa.br
Telefone: 3201-8417
Local: ICB - 3 andar

Descrição:

Criado em 2010 com o intuito de pesquisa para o ensino de biologia com doze alunos PIBID, doze alunos de extensão e um aluno de PARIN e quatro alunos de Rotatório. As atividades desenvolvidas no laboratório são : Ensino, Pesquisa e Extensão.



Pesquisadora : Valéria Oliveira



Responsável: Valéria Oliveira
E-mail: oliveira@ufpa.br
Telefone: 3201-8901
Local: ICB - 2 andar

Responsável: Isabel Rosa Cabral
E-mail: icabral@ufpa.br
Telefone:
Local: ICB - andarterreo

Descrição:

Criado em 1994 na área de biotecnologia da reprodução animal (reprodução artificial, transferência de embriões e fecundação in vitro de bovinos e bubalinos). Também trabalha com reprodução de espécies silvestres da Amazônia de interesse zootécnico. As atividades desenvolvidas no laboratório são de Ensino,Pesquisa e  Extensão.



 



Pesquisador : Otávio Mitio Ohashi



 



Responsável: Otávio Ohashi
E-mail: ohashi@ufpa.br
Telefone: 3201-7727/3201-7773
Local: ICB - andarTerreo

Descrição:

O Objetivo do laboratório é processar histologicamente amostras biológicas para inclusão parafina; Microtomia em parafina, e atualmente são desenvolvidas atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão.



Os pesquisadores do laboratório são : Maria Auxiliadora / Rossineide da Rocha / Veronica Bahia.



Responsável: Maria Auxiliadora / Rossineide Martins da Rocha
E-mail: auxi@ufpa.br
Telefone: 3201-7573
Local: ICB - 3 andar

Responsável: Sheila Vilhena
E-mail: scvpinheiro@ig.com.br
Telefone: 3201-8661/3201-7724
Local: ICB - predio de ensino

Descrição:

Foi criado em 2012, o laboratório possui duas vertentes que trabalha com pesquisa e extensão com prospecção de compostos bioativos.



atividades do laboratório: Ensino, Pesquisa e Extensão. 



Pesquisador: Evonnildo Costa Gonçalves



Responsável: Evonildo Gonçalves
E-mail:  ecostag@ufpa.br
Telefone: Não tem
Local: ICB - 3 andar

Descrição:

Foi criado em 2012, o laboratório possui duas vertentes que trabalha com pesquisa e extensão com prospecção de compostos bioativos.



atividades do laboratório: Ensino, Pesquisa e Extensão. 



Pesquisador : Evonnildo Costa Gonçalves



Responsável: Evonildo Gonçalves / Délia Aguiar
E-mail:  ecostag@ufpa.br / delia@ufpa.br
Telefone: 3201-8753
Local: ICB - 2andar (LM 13)

Responsável: Rossineide Rocha
E-mail:  mrocha@ufpa.br
Telefone: 3201-7875
Local: ICB - 3 andar

Descrição:

O Laboratório de Virologia (LABVIR), foi criado em 1985. Hoje coordenado pelo Prof. Dr. Antonio Carlos Rosário Vallinoto, desenvolve atividades de pesquisa, ensino e extensão. Pesquisas relacionadas com: Epidemiologia molecular, observação de infecciosos, vírus (projetos envolvendo HIV, HTV, HV8, HPV, Hepatite viral, reagente pro BK e JC), as análises são feitas tanto das variações genéticas do hospedeiro quanto do agente infeccioso.



Pesquisadores : ANTONIO CARLOS ROSÁRIO VALLINOTO 



 



 



Responsável: Antonio Vallinoto / Vânia Nakauth / Rosimar Neris
E-mail: vallinoto@ufpa.br
Telefone: 3201-7587
Local: ICB - predio de virologia

Responsável: Andrea Kelly
E-mail: akely@ufpa.br
Telefone:
Local: ICB - Prédio de DNA

Responsável: Jeronimo Lameira
E-mail: lameira@ufpa.br
Telefone:
Local:

Responsável: Ivoneide Silva
E-mail: isilva@ufpa.br
Telefone: 3201-8422
Local: ICB - 2 andar

Responsável: Otávio Ohashi
E-mail: ohashi@ufpa.br
Telefone: 3201-7727/3201-7773
Local: ICB - andarTérreo

Responsável: Izaura Vallinoto
E-mail: ivallinoto@ufpa.br
Telefone:
Local:

Responsável: Roseane Borner
E-mail: borner@ufpa.br
Telefone: 3201-8378
Local:

Responsável: Antonio Hernandez
E-mail: anther@ufpa.br
Telefone: 3201-8665
Local:

Descrição:

Atividades : Ensino, Pesquisa e Extensão.



Pesquisadora : Ivoneide Silva



Responsável: Ivoneide Silva
E-mail: isilva@ufpa.br
Telefone: 3201-7920
Local:

  • FONE: 91.3201 8188 / 91.3201 7102
  • EMAIL: icb.ufpa@gmail.com