HISTÓRICO

O Grupo de Pesquisa em Recursos Hídricos da Amazônia – GRHAMA iniciou suas atividades no ano de 2000, a partir da necessidade de aprofundar as discussões científicas sobre as águas amazônicas no sentido de formar profissionais importantes para o desenvolvimento regional sustentável. Neste sentido, o GRHAMA tornou-se pioneiro na pesquisa acadêmica como reflexo do potencial de pesquisadores, professores e estudantes em temáticas relacionas aos recursos hídricos, consolidando diversos programas de pós-graduação nas áreas da engenharia, ciências sociais, economia, estatística e meio ambiente.

O modo de intervenção do GRHAMA se constitui através de projetos de pesquisa e extensão, no qual destaca-se:

  • Aplicação de um Modelo Hidrológico de Regionalização de Vazões em Bacia Hidrográfica da Região Amazônica (2001-2002);
  • Desenvolvimento de Modelo Hidrológico para a Análise de Pequenos Aproveitamentos Hidroenergéticos na Amazônia (2001-2002);
  • Aplicação de um Modelo Hidrológico Chuva-Vazão na Bacia Hidrográfica do Rio Tocantins – PA (2001-2003);
  • Modelo Hidrológico Aplicado a Gestão de Bacia Hidrográfica na Região do Bico do Papagaio/PA (2002-2004);
  • Gestão de Bacias Hidrográficas: Modelo de Tomada de Decisão Aplicando Metodologias Informacionais (2002-2004);
  • Programa de Gestão Integrada de Recursos Hídricos utilizando a Concepção de Bacia Escola do Igarapé Tucunduba (2004-2006);
  • Estudo Hidrodinâmico e de Dispersão de Poluentes dos Mananciais da Grande Belém Visando à Gestão dos Recursos Hídricos (2006-atual);
  • Água e Cidadania para o Desenvolvimento Local Sustentável das Bacias Hidrográficas de Rondon do Pará (2006-atual)
  • Desenvolvimento de Capacidades em Gestão Integrada de Recursos Hídricos na Região Hidrográfica Amazônica (2008-atual).