Abaixo, relacionam-se as teses e dissertações defendidas pelos docentes da Fafil/UFPA, em ordem alfabética:

 

A) TESES DE DOUTORADO:

Agostinho de Freitas Meirelles

Título: Crítica e história na filosofia de Kant (UNICAMP, 2009).

Orientador: Zeljko Loparic.

 

Alexandre Hahn

Título: A Função da antropologia moral na filosofia prática de Kant (UNICAMP, 2010).

Orientador: Zeljko Loparic.

Resumo: Pretende-se, neste trabalho, determinar a função da antropologia moral na filosofia prática de Kant. Na Metafísica dos costumes, a mencionada antropologia é designada como a contraparte (Gegenstück) da moral pura, isto é, como o outro membro (Glied) da filosofia prática. Tal concepção impulsionou a presente investigação, de entender como Kant concebe a conexão entre a moral e a antropologia, uma vez que o filósofo também parece demarcar uma rigorosa separação entre a moral e a antropologia. Em vista disso, este trabalho defenderá a tese de que a antropologia moral de Kant é uma ciência pragmática, cuja função consiste em aplicar a moral no homem. Dito de outra forma, pretende-se mostrar que a antropologia moral, tomada como a contraparte da moral, cumpre o papel de formar o caráter moral do homem. A fim de demonstrar essa tese, os dois primeiros capítulos apresentarão um panorama da metafísica dos costumes (filosofia prática pura), expondo os problemas e soluções apresentados por Kant, e as evidências que sustentam a necessidade de haver uma antropologia moral. O terceiro capítulo explorará a definição do conceito de uma antropologia kantiana. O quarto capítulo elencará e discutirá alguns elementos que compõem a natureza moral do homem. O último capítulo apresentará alguns dispositivos responsáveis pela formação moral do homem.

Palavras-chave: Immanuel Kant, Ética, Filosofia Alemã, História da Filosofia, Antropologia Filosófica, Antropologia - aspectos morais, Zeljko Loparic.

 

Antônio Sérgio da Costa Nunes

Título: Arqueologia da linguagem em Vico (USP, 2009).

Orientador: Maria das Graças de Souza.

 

Elizabeth de Assis Dias

Título: Alguns aspectos do conceito de razão em Voltaire (UNICAMP, 2000).

Orientador: Roberto Romano da Silva.

 

Ernani Pinheiro Chaves

Título: Mito e História: um estudo da recepção de Nietzsche em Walter Benjamin (USP, 1993).

Orientador: Franklin Leopoldo e Silva.

 

Luís Eduardo Ramos de Souza

Título: As interpretações de Cohen e Heidegger sobre a Crítica da razão pura de Kant (UFMG, 2007)

Orientador: Leonardo Vieira Alves.

Resumo: O objetivo deste trabalho é oferecer uma visão geral das interpretações de Cohen e de Heidegger sobre a Crítica da razão pura de Kant, de acordo com dois critérios básicos: de um lado, considerar as interpretações desses dois autores a partir das suas respectivas teses centrais sobre a primeira Crítica, a saber, a tese de Cohen de que a Crítica da razão pura tem por objetivo a fundamentação da ciência, e a tese de Heidegger de que essa obra tem por objetivo a fundamentação da metafísica; de outro lado, contextualizar suas interpretações no interior das três principais partes internas dessa obra, a saber, a Estética, a Analítica e a Dialética Transcendental. A conclusão geral deste trabalho é indicar em que sentido essas duas teses fundamentais sobre a primeira Crítica, apesar de aparentemente divergentes, podem ser conciliadas: a tese de Cohen, a título de fim essencial da razão pura e, a tese de Heidegger, a título de fim supremo da razão pura.

Palavras-chave: kantismo, neokantismo, existencialismo, filosofia alemã, Crítica da razão pura, I. Kant, H. Cohen, M. Heidegger, E. Cassirer, Debate de Davos.

 

Nelson José de Souza Júnior

Título: Da transcendentalidade do Da-sein à verdade do Ser (PUC-RS, 2006).

Orientador: Ernildo Stein.

 

Pedro Paulo da Costa Côroa

Título: Projeto crítico, história da filosofia e filosofia da história (USP, 1996).

Orientador: Rubens Rodrigues Torres Filho.

 

Roberto de Almeida Pereira de Barros

Título: Kunst und Wissenschaft bei Nietzsche (Technische Universität Berlin, 2006).

Orientador: Günter Abel.

 

 

B) DISSERTAÇÕES DE MESTRADO:

Agostinho de Freitas Meirelles

Título: História e objetividade em Kant (UNICAMP, 2002).

Orientador: Zeljko Loparic.

 

Alexandre Hahn

Título: Problemas Semânticos na Doutrina da Virtude de Kant (UNICAMP, 2005).

Orientador: Zeljko Loparic.

Resumo: A dissertação tem por objetivo central mostrar que e como ocorrem, na Doutrina da virtude (segunda parte da Metafísica dos costumes de Kant), problemas relativos ao sentido e à referência dos juízos fundamentais dessa obra (isto é, dos fins que são deveres). Em um primeiro momento, com o intuito de delinear um panorama dos principais problemas semânticos enfrentados pela filosofia moral kantiana, investiga-se a origem dos mesmos e o tratamento a eles dispensado pelo filósofo (desde a Crítica da razão pura até a Metafísica dos costumes). Em seguida, aplicando a interpretação semântica (defendida por Zeljko Loparic), desenvolve-se a análise do texto da Doutrina da virtude, buscando identificar os mencionados problemas (de sentido e referência) e as soluções fornecidas por Kant. Por fim, o trabalho expõe e debate posições de três outras interpretações que dizem respeito, direta ou indiretamente, à Doutrina da virtude.

Palavras-chave: Immanuel Kant, Ética, Filosofia Alemã, História da Filosofia, Semântica (Filosofia).

 

Ana Maria da Silva Martins

Título: O direito natural na teoria política de Jean-Jacques Rosseau (USP, 2002).

Orientador: Milton Meira do Nascimento

 

Antônio Sérgio da Costa Nunes

Título: O Sentido e o Significado na Proposição (UFPA, 1997).

Orientador: Benedito José Viana da Costa Nunes.

 

Elizabeth de Assis Dias

Título: Uma abordagem racionalista-crítica das ciências sociais e humanas (PUC-RJ, 1989).

Orientador: Sérgio Luíz do C. Fernandes.

 

Ernani Pinheiro Chaves

Título: Do elogio à crítica: Foucault e a Psicanálise na “História da Loucura" e "A vontade de Saber" (PUC-SP, 1986).

Orientadora: Jeanne-Marie Gagnebin.

 

Iêda Fernandes da Silva

Título: Estado, Educação e Políticas Públicas (UFPA, 1996).

Orientador: Cecília Pires.

 

João Batista Moreira Filho

Título: Linguagem como forma simbólica: fenomenologia de uma modalidade conceitual (PUC-SP, 2000).

Orientador: Mário Ariel González Porta.

 

Jorge Alberto ramos Sarmento

Título: Direito e Modernidade: A Perspectiva Teórica de Jürgen Habermas (UFPA, 2006).

Orientador: Daniel Chaves de Brito.

 

Jovelina Maria Ramos de Souza

Título: A dimensão ético-política da crítica platônica à mímesis na Politéia (UFMG, 2003)

Orientador: Marcelo Pimenta Marques

 

Luís Eduardo Ramos de Souza

Título: Exposição da doutrina do espaço e do tempo de Kant: contida na Estética Transcendental da Crítica da razão pura (UFMG, 2001).

Orientador: José Henrique Santos.

Resumo: O objetivo da dissertação é expor a doutrina do espaço e do tempo de Kant, contida na Estética Transcendental da primeira Crítica, destacando os aspectos formais aí subjacentes. O resultado da pesquisa revelou que a doutrina do espaço e do tempo de Kant compreende três determinações formais principais: propriedades, relações e sentidos. As propriedades são comuns ao espaço e tempo e dizem respeito às determinações de serem infinitos, unos imóveis. As duas últimas determinações do espaço e do tempo são distintas para ambas as noções: as relações do espaço referem-se às medidas de distância/comprimento em geral, ao passo que as do tempo à sucessão, simultaneidade e permanência; por fim, os sentidos possuem determinações opostas, pois o sentido do espaço é externo e o do tempo interno.

Palavras-chave: espaço, tempo, estética transcendental, crítica da razão pura, Kant.

 

Nelson José de Souza Júnior

Título: Intencionalidade e questão do Ser (PUC-RS, 1999).

Orientador: Ernildo Stein.

 

Roberto de Almeida Pereira de Barros

Título: O ensinamento do além-do-homem como ideal estético (UNICAMP, 2000).

Orientador: Oswaldo Giacóia Jr.

 

Verônica de Araújo Capelo

Título: "O Leviatã e os jesuítas: uma análise das regras disciplinares do Colégio Santo Inácio no quadro institucional do Estado Novo (1937/1945)"(FGV-RJ, 1983).

Orientador: Luiz Felipe Baeta Neves Flores.