HISTÓRICO DO CURSO DE FILOSOFIA:

O curso de Filosofia foi criado em 1973 através da Resolução n.º 169 de 22/06/1973 (CONSEP/UFPA) e reconhecido pelo Decreto n.º 82.165/78 de 24/08/1978 da Presidência da República. Em sua criação o curso possuía apenas a modalidade de Licenciatura.O currículo do Curso, nesta época, estava fundamentado no parecer nº 277/62 do CFE que definia o currículo mínimo de Filosofia e na Resolução nº 01/72, do CFE, que tratava das normas gerais sobre o mesmo assunto. O currículo era constituído das disciplinas do ciclo básico, profissional e formação pedagógica.O curso ofertou sua primeira turma em 1975, na modalidade de Licenciatura. Essa oferta era feita sob o sistema de créditos.

A partir de avaliações realizadas e mudanças da legislação o currículo do Curso de Filosofia passou por várias reformulações e/ou atualizações:

Em 1977, com a Resolução nº 463/77 doCONSEP, o currículo do Curso sofreu sua primeira reformulação. Esta visava:a) introduzir novas disciplinas filosóficas e algumas ciências como disciplinas complementares obrigatórias de modo a se possibilitar uma sólida formação filosófica e cientifica ao licenciado;b) introduzir também, o trabalho de conclusão de curso (TCC) como obrigatório.

Em 1982, com a Resolução nº 902/82 do CONSEP, tivemos outra reformulação do currículo do curso com o objetivo de se criar a modalidade de Bacharelado. Até esta época, utilizava-se o sistema de créditos e a oferta de um elenco de disciplinas para que o aluno fizesse sua escolha de acordo com os pré-requisitos exigidos.

Em 1988, com a Resolução 1.607/88 foi realizada uma nova reformulação no currículo do curso eliminando-se as disciplinas que compunham o ciclo básico, ampliando-se a carga horária de algumas disciplinas filosóficas e introduzindo-se novas disciplinas.

Em 1993, devido à mudança do regime didático da UFPA. o Curso de Filosofia passou a funcionar sob a égide do regime seriado semestral. As disciplinas que compunham o currículo do curso foram organizadas e ofertadas em blocos.

Em 2005, definiu-se o Projeto pedagógico do curso e foi feita uma nova reformulação da estrutura curricular visando promover uma flexibilização e ajustar o currículo para atender as exigências estabelecidas pelo MEC para a formação de professores da Educação Básica. Dentre estas exigências podemos destacar: a) a integração entre a formação específica e formação didático-pedagógica;b) a prática como um componente curricular, a ser vivenciada ao longo do curso;c) a ampliação da carga horária do estágio para 400 horas; d) a inclusão de 200 horas de atividades acadêmico-cientifico-culturais. Estas reformulações foram regulamentadas pela Resolução do CONSEP nº 3.552/2007.

Em 2011, fez-se uma atualização do Projeto pedagógico e reformulou-se o currículo do curso para atender as seguintes situações:a) a inclusão de atividades de extensão exigidas pelo Regulamento da Graduação da UFPA;b) a inclusão de LIBRAS componente curricular obrigatório nos cursos de formação de professores para a Educação básica, conforme determinação da legislação federal;c) fazer ajustes na estrutura curricular de modo a superar dificuldades detectadas em sua execução através de avaliações realizadas;d) definir em que momento o aluno faria a opção pela Licenciatura ou pelo Bacharelado, face o novo entendimento do MEC de que essas modalidades dizem respeito a cursos distintos.A Resolução atual que rege o curso é a4.196/ 2011- CONSEP. Esta resolução definiu o novo currículo do curso. Os alunos que ingressaram no curso a partir de 2011 passaram a ser regidos por esta resolução.