Home ] Histórico ] Projeto Político-Pedagógico ] Links Interessantes ] Docentes ] [ O Curso de Ciências Econômicas ] Colegiado Economia ] Extensão ] Disciplinas ]


 

O Curso de Ciências Econômicas é formado por disciplinas do Bloco Macro e Microeconômico, e Economia Geral. Esta divisão foi assim criada com o objetivo de facilitar a coordenação e administração do Curso em função das áreas de concentração dos docentes que congregam o Corpo técnico-científico do Curso, além de facilitar o acompanhamento na relação professor/aluno.

Até 1999, o Curso de Economia funcionou com dois Departamentos, qual seja Macro e Microeconomia e Economia Geral. A partir de 14 de Janeiro de 1999, conforme Ata de Reunião de Departamento ,os dois Departamentos 0-foram fundido em um , com a denominação de Departamento de Economia.

O Curso de Ciências Econômicas funciona com 46 professores dos quais 2 substitutos. Estes professores são Especialistas, Mestres e Doutores. Do total de professores, 29 encontram-se em plenas atividades e 06, estão fora fazendo doutorado, 02 em mestrado. Além destes professores totalmente licenciados, o Curso de Economia conta com 2 professores em Doutorado Interinstitucional, trabalhando estes em regime parcial e, 01 em mestrado. Os demais estão a Disposição do Governo ou afastados por outros motivos amparados por Lei.

A estrutura administrativa do curso está reduzida, fundamentalmente, a uma secretaria compartilhada com outros três cursos do CSE (administração, contabilidade e serviço-social e Turismo) onde quatro funcionários técnicos-administrativos executam as atividades burocráticas de acompanhamento discente. o CORPO DOCENTE do Curso de Economia. 

  Atuação do Economista

    O Economista como Cientista Social, de um modo geral, trabalha com a Teoria Econômica, apoiada as Políticas Econômicas desenvolvidas a nível interno (Nação) e externo (Resto do Mundo), descrevendo e analisando o comportamento das variáveis individuais (microeconomicas) e agregadas (macroeconômicas) objeto de estudo. Quanto a paradigmas a seguir, o Economista como Cientista Social pode desenvolver suas pesquisas com base nas linhas Socialista (Socialismo Moderno ou Marxismo) e Estruturalista (capitalista ou da livre iniciativa privada); Poderá também aplicar as duas linhas de pensamento dependendo do tipo de pesquisa a que se propõem. O Economista ao acumular conhecimento poderá atuar na área de Planejamento (Macroeconomia), e Projetos (microeconomia), bem como desenvolver na área de Métodos Quantitativos instrumentos que possibilitem o emprego da Economia positiva e Economia Normativa. Hoje, com a preocupação em preservar o Meio Ambiente ou os Recursos Produtivos derivados da Natureza, surge uma nova corrente de pensamento econômico conhecida como Ecodesenvolvimento ou o estudo da Economia voltado para preservação e aproveitamento racional do Ecossistema do Planeta Terra que dependendo da linha de pensamento poderá do ponto de vista filosófico trabalhar com os paradigmas já referendados.

  O Mercado de Trabalho

    O avanço tecnológico e o processo de Globalização da Economia a nível de Mundo apontam que o papel do Economista tem se expandido, proporcionando um mercado de trabalho favorável, muito embora, ainda seja mão de obra bastante elitizada, onde é o setor público quem absorve grande parte, muito embora hoje, já se abra um leque maior de oportunidades, onde o Economista deixa de ser o mero burocrata preocupado em satisfazer as necessidades de controle das Finanças do país, para ser mais atuante, mais participativo como ator e co-responsável pelo processo de desempenho da economia. Isto é verificado pelos a diversos programas desenvolvidos por parte do Governo e da iniciativa privada em parceria, onde a figura do Economista é de Vital importância. Podemos, também, citar um campo crescente de absorção desse profissional que é no ensino, na pesquisa e na extensão.

 O Curso de Graduação em Ciências Econômicas tem como duração:

  • integralização em no mínimo 5 (cinco) anos letivos, comportando 10 blocos semestrais;

  • Carga horária total: 2.790 horas (mais Ed. Física, facultativa);

Regime de matrícula em blocos semestrais de 4 (quatro) disciplinas (sistema "seriado"). De acordo com a Resolução nº 580 do Conselho Superior Universitário (CONSUM) da UFPa, o discente só poderá ser matriculado no bloco seguinte ao que está cursando, se apresentar, no máximo, duas disciplinas em regime de dependência, caso contrário, terá que matricular-se apenas nas disciplinas em atraso

O ALUNADO DAS CIÊNCIAS ECONÔMICAS

    O Curso de Ciências Econômicas formando Bacharéis, conta atualmente com 726 alunos dos quais em torno de 526 estão regularmente matriculados funcionando em dois turnos a saber: Manhã e a noite. Além do horário normal de funcionamento algumas disciplinas consideradas como de Dependência e que o aluno deverá necessariamente cursar num máximo de duas, são ofertadas pela parte da tarde. A admissão ao Curso é feita através de concurso vestibular, onde são ofertadas 80 vagas anuais para ingresso único no primeiro período de cada ano, ou através de prova interna seletiva quando do surgimento de vagas decorrentes de transferência e/ou morte de alunos, também conhecido popularmente como o Vestibulinho. Neste caso, estarão habilitados para concorrer a essas vagas universitários que não tenham completado 50% do seu curso ou graduados com menos de seis anos de formados, todos de áreas afins ao Curso de Ciências Econômicas. No presente semestre foram ofertadas 36 vagas para habilitação ao Vestibulinho, sendo todas preenchidas.

O GRADUANDO DE ECONOMIA

O Curso de Ciências Econômicas muito embora com um grande índice de evasão escolar, tem habilitado o profissional das C. Econômicas regularmente, saindo em média 70% anualmente. Para que o profissional da economia seja habilitado, terá que cursar o Curriculum Mínimo exigido pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC), além da defesa pública de um Trabalho de Iniciação Científica- Monografia, que passa pela apreciação de uma Banca Examinadora composta por três professores.

 MONOGRAFIA

A Monografia é disciplina, nos moldes do que preceitua a Res. 11/84 do MEC. Esse trabalho de conclusão de curso, para cada discente já deverá ter seu projeto discutido e aprovado no decorrer da cadeira de Técnica de Pesquisas em Economia, devendo, no último ano, ser objeto de orientação do aluno por um docente com pós-graduação e/ou reconhecida experiência em trabalhos de pesquisa. A Monografia permitirá ao aluno exercitar todo o instrumental – teórico, histórico e quantitativo – que recebeu durante o curso, sobre um aspecto específico da economia, sendo, ao final, apresentada e defendida perante banca constituída por seu orientador e mais dois professores de disciplinas que sejam conexas ao assunto principal do trabalho. O Projeto de Apresentação de Monografias ao Curso, coordenado pelo professor da disciplina Técnicas de Pesquisa em Economia, semestralmente orientará a exposição, à toda a comunidade, dos melhores trabalhos do período.

 Assim o trabalho Monográfico é conclusivo e exigido para que o aluno possa receber o grau de Bacharel em C. Econômicas. Consta de um trabalho de pesquisa,(iniciação Científica), que o discente terá que desenvolver sob a orientação de um professor denominado Orientador e sob a supervisão de dois Co- orientadores, que comporão a Banca examinadora que irá julgar o trabalho, sob a coordenação do Coordenador do Colegiado de Curso. A defesa é pública. Para incentivar esta modalidade, uma vez que o grande entrave do alunado está nesta parte final, foi instituído um prêmio para melhor monografia tanto pelo Curso de Economia, que criou um solenidade especial, para tal acontecimento bem como o CORECON (Conselho Regional de Economia), também premia a melhor monografia com um prêmio denominado "Armando Corrêa Pinto".

A seguir apresenta-se as monografias do período 2000 a 2002, que obtiveram Conceitos Máximos.

Monografias Defendidas em 2000

  1. Marinete de Nazaré Salgado da Luz- matricula nº9308056- Orientador Antonio Tavares de Castro; TEMA- A PESCA INDUSTRIAL NO PARÁ: PROBLEMAS E RESOLUÇÕES

  2. Rosangela Morais Ramos matricula nº 95080086- Orientador Walter Alexandre da Silva;TEMA- A HISTÓRIA DO PLANEJAMENTO NA AMAZÔNIA

  3. Júlio Esmaelino Ferreira Costa - matricula nº93080383- Orientador José Raimundo Trindade;TEMA- PERFIL QUANTITATIVO E QUALITATIVO DAS INDÚSTRIAS DE TRANSFORMAÇÃO E EXTRAÇÃO MINERAL PARAENSE NO INTERREGNO 1990/1998

  4. Adilson Freitas Dias- matricula nº9508002- Orientador- Roberto Tatiwa Ferreira;TEMA- EXTRAÇÃO MADEREIRA DE BAIXO IMPACTO: UM ENFOQUE ECONÔMICO

  5. Gilda Ferreira Melo- matricula nº9508025- Orientador - Raimundo Garcia Cota;TEMA- A ATIVIDADE MADEREIRA NA AMAZÔNIA ORIENTAL COM DESTAQUE À REALIDADE NO ENTRONO DE TUCURUÍ;

  6. Sheila Marli de Andrade Melo- matricula nº9408075- Orientador - Raimundo Garcia Cota;TEMA- O PERFIL DA INDÚSTRIA MADEREIRA DE IMPERATRIZ;

  7. Amália Borges Ramos- matricula nº9308007- Orientador - Lindaura Arouck Falesi;TEMA-COMERCIALIZAÇÃO DO FRUTO DO AÇAI NA REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉM;

  8. Jacirene dos Santos Martins- matricula nº9308033- Orientador - Lindaura Arouck Falesi;TEMA-ESTACIONALIDADE DOS PREÇOS DA PIMENTA DO REINO NO ESTADO DO PARÁ E A     ELASTICIDADE PREÇO DA OFERTA INTERNACIONAL NO PERÍODO DE 1994-1998;

  9. Heraldo Marques Nogueira- matricula nº9508030- Orientador- Roberto Tatiwa Ferreira;TEMA- "O PROCESSO DA PARTICIPAÇÃO ORÇAMENTÁRIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM NO PERÍODO DE 1997 A 1999";

  10. Indalécio Rodrigues Pacheco - matricula nº930803101- Orientador Antonio Tavares de Castro;TEMA- "O COOPERATIVISMO COMO PROPOSTA DE DES. DA ECONOMIA POPULAR DO MUNICIPIO DE     BELÉM";

  11. Marinete de Nazaré Salgado da Luz- matricula nº9308056- Orientador Antonio Tavares de Castro; TEMA- A PESCA INDUSTRIAL NO PARÁ: PROBLEMAS E RESOLUÇÕES

  12. Fernanda do Carmo Calil- matricula nº 9208024- Orientador: Ana Elizabeth Neirão Reimão: TEMA- "OS ÍNDICES DE PREÇOS: UM ESTUDO COMPARADO DA INFLAÇÃO NAS ECONOMIAS BRASILEIRA E PARAENSE. PERIODO:1994 A 1999;"

  13. Eliége Nazaré Dias do Carmo - matricula nº 9308022- Orientador: Armando Lírio de Souza; TEMA- "PERFIL DA PEQUENA EMPRESA MOVELEIRA NO MUNICÍPIO DE BELÉM;

  14. Eduardo José Monteiro da Costa - matricula nº - Orientador: José Roberto Rodrigues;TEMA- "BIOTECONOLOGIA, AUTONOMIA E DESENVOLVIMENTO";(2º lugar- Prêmio Armando Corrêa Pinto);

  15. Francisco Olavo Damasceno Junior - matricula nº 9308026- Orientador: Armando Lírio de Souza; TEMA-"SETOR INFORMAL E SISTEMA PRODUTIVO LOCAL: ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE A      INDÚSTRIA DE MÓVEIS EM BELÉM";

  16. Edinaldo Silva de Souza - matricula nº - Orientador: Hélio Santana Mairata;TEMA- "ORÇAMENTO PARTICIPATIVO: UM PROCESSO DE GESTÃO";

  17. Nelsivaldo de Jesus Barros - matricula nº 9608062- Orientador: Antonio Osvaldo Pontes Souza;TEMA- "A POLÍTICA FISCAL NO PLANO REAL";

  18. Cassiano Figueredo Ribeiro - matricula nº 9408019- Orientador: Lindaura Arouck Falesi;TEMA- " PROPOSTA DE UM NOVO MODELO DE DESENVOLVIMENTO PARA A AMAZÔNIA E SEUS IMPACTOS NOS MODELOS INTERSETORIAIS DE INSUMO -PRODUTO"(3º lugar- Prêmio Armando Corrêa Pinto);

  19. Aderilson Santos da silva matricula nº 96008072- Orientador Roberto Tatiwa Ferreira;TEMA- "ORÇAMENTO PARTICIPATIVO" : UMA COMPARAÇÃO DA ESTRUTURA DE GESTÃO DO  P. ENTRE BELÉM E PORTO ALEGRE NO PERÍOD DE 97 A 99;

  20. Kizzy Janaina Hernandez Lourenço- matricula nº 9608019- Orientador: Ana Elizabeth Neirão Reimão:      TEMA-" ESTUDO DE MERCADO DA PIMENTA DO REINO;

  21. Tatiane Bento Vieira - matricula nº9308080- Orientador José Raimundo Trindade; TEMA-"A POPULAÇÃO NEGRA NO MERCADO DE TRABALHO DE BELÉM";

  22. Carlos Vicente Cidade - matricula nº9408017- Orientador Roberto Tatiwa Ferreira;      TEMA-"REESTRUTURAÇÃO PRODUTIVA DA CADEIA DA PECUÁRIA DE CORTE: O CASO SOCIPE";

  23. Nelson Ricardo Farias de Araújo - matricula nº- Orientador Valcir Bispo Santos TEMA-"INOVAÇÃO E CRISE NO MERCADO DE BELÉM";

  24. Hélio Ferreira Monteiro- matricula nº - Orientador - Lindaura Arouck Falesi;TEMA-"ANÁLISE DO RETORNO FINANCEIRO DE UM PROJETO DE MANEJO FLORESTAL";

  25. Daniel Silva Alves da Silva - matricula nº- Orientador Roberto Tatiwa Ferreira;TEMA-"O MULTIPLICADOR DA ATIVIDADE TURÍSTICA DO MUNICÍPIOD E BELÉ: UMA ESTIMATIVA PARA O PERÍODO DE 1995 A 1997";

  26. Thomaz dos Reis Ávila Neto- matricula nº 9608038- Orientador: Ana Elizabeth Neirão Reimão:      TEMA-"POUPANÇA INTERNA E CRESCIMENTO ECONÔMICO SUSTENTÁVEL: POSSIBILIDADES E      LIMITAÇÕES NO CASO BRASILEIRO" - ( 1º LUGAR PRÊMIO Armando Corrêa Pinto);

  27. Pedro Fonseca Neto - matricula nº 9900802- Orientador: Ana Elizabeth Neirão Reimão:TEMA-"FUNDO DE INVESTIMENTO NO BRASIL";

  28. Ana Rosa Rodrigues da Silva- matricula nº 9508007- Orientador: José Roberto Rodrigues;

  29. Geraldo Batista Pereira - matricula nº 96008020- Orientador: Lindaura Arouck Falesi; TEMA-" ALTERNATIVAS PARA PASTAGENS DEGRADADAS DA AMAZÔNIA";

  30. Jesiel Alves Trajano - matricula nº 930080034- Orientador: Lindaura Arouck Falesi; TEMA- "A IMPORTÂNCIA ECONÔMICA E OS REFLEXOS SOCIAIS DA CULTURA DO ABACAXI NO ESTADO DO PARÁ";

MONOGRAFIAS DEFENDIDAS EM 2001

  1. Antonio Bruno de Miranda- matricula nº 9608083 ;Orientador: Lindaura Arouck Falesi; " LEASING: UMA ALTERNATIVA VIÁVEL DE CONSUMO";

  2. Fábio Menezes de Souza- matricula nº 9408034 - Orientador: Lindaura Arouck Falesi; AÇAI: VIABILIDADE ECONÔMICA DAS UNIDADES DE BENEFICIAMENTONA RMB -1995/2001;

  3. Sérgio da Silva Bragança - matricula nº 9600802901 - Orientador: Carlos Augusto da Silva Souza; EXPERIÊNCIA DO MICROCRÉDITO NO MUNICÍPIO DE BELÉM: O CASO BANCO DO POVO;

  4. Luiz Alexandre Costa Seabra- matricula nº 9608012- Orientador: Ana Elizabeth Neirão Reimão: NECESSIDADES DE PROMOVER AS EXPORTAÇÕES E FORTALECER A ECONOMIA BRASILEIRA NO COMÉRCIO INTERNACIONAL:LIMITES INTERNOS;

  5. Marco Aurélio Feitosa Machado - matricula nº 9108060- Orientador: Maurício Sena Filho: FUSÕES E AQUISIÇÕES NO SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES: CARACTERÍSTICAS E ENFOQUE REGULATÓRIO;

  6. Augusto César Ribeiro Rocha- matricula nº 9608030- Orientador: José Raimundo Barreto Trindade: ANÁLISE DOS ASPECTOS DISTRIBUTIVOS PÓS-PLANO REAL E ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE A REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉ;

  7. Lina Rose Portal - matricula nº 9608039 - Orientador: Lindaura Arouck Falesi; RELEVÂNCIA DA PRODUÇÃO PARAENSE;

  8. Delma de Jesus Campos Dias- matricula nº 9208017- Orientador: Raymundo Garcia Cota; AS PRIVATIZAÇÕES BRASILEIRAS NA ÓTICA DA GLOBALIZAÇÃO;

  9. Renato de Oliveira Câmara - nº 980080901 - Orientador Ana Elizabeth Neirão Reimão; CRISE E REETRUTURAÇÃO BANCÁRIA NO BRASIL PÓS-REAL;

  10. Elenice Rodrigues da Silva Xavier - matricula nº 97008041 - Orientador: Lindaura Arouck Falesi; IMPACTOS DA UHI NO MUNICÍPIO DE TUCURUÍ;

  11. Márcio Santos da Cruz - matricula nº 9600803401 - Orientador: Maria Amélia Rodrigues da Silva; A RESPONSABILIDADE SOCIAL DAS EMPRESAS MÍNERO-METALÚRGICAS NO ESTADO DO PARÁ: O CASO ALBRÁS S.A;

  12. Alessandra Pereira do Nascimento - matricula nº 95008004 - Orientador: Lindaura Arouck Falesi; IMPACTOS DA MODERNIZAÇÃO NOS SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO: IMPLANTAÇÃO DA ESTAÇÃO RÁDIO BASE NO MUNICIPIO DE CASTANHAL - PARÁ: UM ESTUDO DE CASO;

  13. Valfredo Maia de Farias- nº 950807701 - Orientador: Ana Elizabeth Neirão Reimão; FUNDOS DE PENSÃO NA ECONOMIA BRASILEIRA;

  14. Mylena Michele Menezes- matricula nº 9508058- Orientador: José Roberto Rodrigues; MANEJO SUSTENTADO DO AÇAIZEIRO;

  15. Hettore Sbrama Messias - matricula nº 91008035 - Orientador: Lindaura Arouck Falesi; DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NA AMAZÔNIA : AÇÕES PÚBLICAS- CONTEXTUALIZAÇÃO DE UM PROCESSO: UM ESTUDO DE CASO NA ILHA DO COMBU-PA;

  16. Vanderly Cristina Neves Barroso - matricula nº 97008055 - Orientador: Lindaura Arouck Falesi; O PERFIL DO VENDEDOR AMBULANTE NA RMB COMO REFLEXO DO MERCADO INFORMAL;

  17. Sonia Maria Soares de Lima - matrícula nº 9500807401 - Orientador Hélio Santana Mairata Gomes; TAXAS DE CÂMBIO NO PLANO REAL E SUA INFLUÊNCIA NO PLANO REAL.

AS MONOFRAFIAS ACIMA OBTIVERAM CONCEITO MÁXIMO (EXCELENTE) E ESTÃO A DISPOSIÇÃO NO COLEGIADO DO CURSO DE ECONOMIA E NA BIBLIOTECA SETORIAL "ARMANDO CORRÊA PINTO"

 


Contatos :

Chefia do Departamento de Economia

Chefe de Departamento: Lindaura Arouck Falesi

e-mail : lindaura@ufpa.br

 CEP 66075 - 900 Belém - Pará
Tel : (091) 211 - 1218- Secretaria de Cursos

 Secretaria: Maria de Nazaré Porto
E-mail: nporto@ufpa.br
Tel: (091) 211-1713-Chefia de Departamento
Coordenação do Curso de Economia

CEP 66075 - 900 Belém - Pará
Tel : (091) 211 - 1218- Secretaria de Cursos
COORDENADOR : prof.Euclides Santos de Araújo Vieira

 


"A Economia sempre merecerá destaque pois está, diretamente vinculada ao dia - dia do individual e do coletivo na arte do Bem viver, na Busca do Bem Estar". (Lindaura Falesi)


    Esta página esta sob constante modificação. Qualquer dúvida, crítica ou sugestão, envie um e-mail ao professor responsável :
 Lindaura Arouck Falesi.