Bem-vindo ao site do "ALIPA"

Atlas Geo-sociolingüístico do Pará

O ALIPA é um projeto de pesquisa ligado ao laboratório de linguagem da Universidade Federal do Pará . Esse projeto tem por objetivo a construção do Atlas Geo-Sociolingüístico do Pará, e neste sentido vem-se desenvolvendo estudo a fim de identificar, analisar e mapear a variação lingüística do português falado no Estado. Integrando a dimensão social, que permitirá melhor compreender os mecanismos internos envolvidos na variação (fonética, morfosintática e lexical). Dividiu-se o Estado em 57 pontos de inquérito que foram agrupados em 6 meserregiões como segue:

 
Mesoregião N.º de Pontos Pontos
Baixo Amazonas 4 - Faro, Oriximiná, Santarém, Porto de Moz
Marajó 5 - Melgaço, Anajás, Breves, Chaves, Soure
Metropolitana de Belém 7 - Castanhal, Benevides, Belém, Bujarú, Santa Izabel do Pará, Barcarena, Santo Antônio do Tauá
Nordeste Paraense 22 - Maracanã, Marapanim, Salinas, São Caetano, Vigia, Capanema, Bragança, Nova Timboteua, Primavera, Baião, Cametá, Abaetetuba, Igarapé Mirim, Oeiras do Pará, Acará, Concórdia, Mojú, Tomé Açu, Capitão Poço, Ourém, São Domingo do Capim, Viseu.
Sudoeste 6 - Itaituba, Jacareacanga, Altamira, Medicilândia, Pacajá, Senador José Porfírio
Sudeste 13 - Tucuruí, Itupiranga, Dom Eliseu, Paragominas, São Félix do Xingu, Curionópolis, Marabá, São João do Araguaia, Redenção, São Geraldo, Xinguara, Santana de Araguaia, Conceição do Araguaia.

Esses pontos de inquérito foram divididos em duas áreas de pesquisa : urbana e rural.
A pesquisa urbana ,feita em 10 cidades (Abaetetuba, Altamira, Belém, Bragança, Breves, Cametá, Conceição do Araguaia, Itaituba , Marabá e Santarém), envolve a coleta de 42 narrativas (gravadas em fitas cassetes) referentes a uma amostra de 42 informantes por cidade e estratificados da seguinte forma:


Sexo: 21 homens e 21 mulheres;
Renda : alta, renda média e renda baxa;
Escolaridade: Sem escolaridade, 1º grau e 2º grau.
Idade : 15-25, 26-49 e + de 50 anos

 

A pesquisa rural, de cunho dialetológico, abrange cinqüenta pontos geográficos. Em cada ponto são entrevistados 4 informantes estratificados da seguinte forma:


Sexo : 2 homens e 2 mulheres;
Idade : dois informantes entre 18 - 30 anos
dois informantes entre 40 - 70 anos;
Escolaridade - todos escolarizados até a 4ª série


Nessas intrevistas são aplicados, seguindo a tradição dialetológica, dois questionários: um geral para todas as localidades e outro específico para aspectos ligados a região investigada.

Até agora já foram coletados os dados da área urbana, e os da área rural ainda estão em fase de conclusão de coleta.

 

 

(PROJETO INTEGRADO)  

O ALISPA (Atlas Lingüístico Sonoro do Pará) é um projeto intregado ao ALIPA. Este projeto abrange as dez cidades correspondente à pesquisa urbana do ALIPA.  

A coleta de dados foi feita através de um questionário (de natureza fonético – fonológico) de 159 perguntas aplicado a 4 informantes por cidade, estratificados por sexo, idade e escolaridade até a 4ª série.

O projeto ALISPA  já foi concluído  e está atualmente em fase de preparação para publicação.  

 

 

Coordenação Geral

Prof. Dr. Abdelhak Razky  

 

Colaboradores

- Prof. Orlando Cassique   (Coordenador da área urbana) - DLLV

- Profa. Raquel Lopes    (Coordenadora da área rural) - CAAL

- Profa. Marilucia Oliveira  (Coordenadora da área rural) - DLLV

- Prof. Alcides Fernandes de Lima (Coordenador da área urbana)

 
 

  Linha de Pesquisa

Sociolingüística